Arquivo da categoria ‘Futebol’

h1

Emerson fica!

11/08/2009

Numa excelente jogada da diretoria do Flamengo, Emerson permanece no elenco e disputa o Campeonato Brasileiro até o final.

Quando todo mundo achava que o Sheik ia embora, eis que surge essa boa notícia, do nada.

Sabe o que eu acho o mais legal? É que foi um puta cala a boca pra quem ainda defendia aquele crápula do Kléber Leite, que só quer saber de negociar jogador pouco se importando com o desempenho do time. Com certeza ele teria vendido o Emerson, o dinheiro sumiria e a torcida ia ficar o ano todo se lamentando sobre a saída do jogador.

Foi exatamente isso que aconteceu no ano passado. O Flamengo era líder, tinha o melhor ataque, o artilheiro e o diabo. Aí venderam Souza e Renato Augusto e deixaram o Marcinho sair. Não veio ninguém pro lugar. O Flamengo fez três pontos em sete jogos. Prometeram Felipe, prometeram Vagner Love e vieram Vandinho, Sambueza, Fierro, Eltinho, Marcelinho Paraíba. Não resolveu. O dinheiro da venda do Renato Augusto sumiu, os salários atrasaram. O Flamengo ficou sem título e de fora da Libertadores.

Agora, se pensou no futebol. Mesmo sendo “business”, o que vale é dentro de campo. A torcida não quer saber do “business”. O Flamengo com Emerson briga por Libertadores. A diretoria sabe disso. Assim como sabe que o valor oferecido não resolveria problema financeiro nenhum.

Botei fé. O Sheik é um bom jogador. É um exemplo modesto, mas um bom indício de que existe algum resquício de coerência na administração do Flamengo.

h1

Business

10/08/2009

O alvo não foi, mas a homenagem tava lá.

No duelo entre Ronaldo e Adriano, Ronaldo faltou e Adriano sobrou.

Perdeu quatro chances claras de gol e, num lance mais complicado, marcou o gol da vitória rubro-negra.

O Flamengo, mais uma vez, faz a torcida acreditar em Libertadores. Possível, possível… mas desde que não se fale mais em título, dá pra levar a sério.

Principalmente se Emerson deixar o clube, o que é muito provável que aconteça. O Flamengo não tem um substituto a altura. Emerson é um bom jogador para se ter ao lado de Adriano. É rápido, forte e finaliza bem. Tem recurso e qualidade, aparece nos dois lados do campo. Bom jogador. Se for embora, complica muito.

Um exemplo disso é o time do Corinthians. Bons jogadores, funcionava que era uma beleza, Ronaldo e tal. Aí vendem três titulares e o Ronaldo vai pra faca. Acabou o time. Nenhuma equipe em nenhum time do mundo vai continuar jogando o mesmo futebol depois de perder quatro titulares.

O objetivo do Corinthians em 2009 era ir pra Libertadores do ano que vem, ano do centenário do clube. Beleza, já conseguiram. Mas precisava acabar com o time dessa forma? Não vou nem perder tempo falando de como o torcedor gostaria de ver o time – disputando o título – mas apenas lembrando que, formar uma equipe em janeiro especialmente pra Libertadores, não vai funcionar.

Pra efetivamente vencer, o time precisa jogar futebol. E o Fluminense tá aí pra provar que não basta juntar um bando de jogadores de bom nível, de qualquer jeito e esperar que em dois meses vire um time de futebol competitivo.

O Corinthians não vence faz cinco partidas. Poderia brigar pelo título nacional, deixar o time azeitado pra Libertadores. Mas não. Hoje a torcida sofre com o péssimo planejamento.

O pior é que a desculpa do cartola Mario Gobbi, de que o desmanche da equipe foi apenas “business”, serve apenas pra mostrar que a saúde financeira do Corinthians não vai tão bem quanto cantavam seus dirigentes. Macular o uniforme do time não foi suficiente para deixar as contas em dia. O que, convenhamos, todo mundo já sabia.

Felizmente para ele, a torcida do Corinthians é ponderada e pouco passional e vai entender essas negociações que ele mal consegue explicar.

h1

Botafogo x Atlético-PR: que vexame, que BIDÍCULO!

08/08/2009

O jogo ainda marca 36 minutos do segundo tempo, mas parece difícil que mude alguma coisa.

o Botafogo desfila toda sua bidiculosidade em frente aos bravos torcedores que foram ao Engenhão. Pra quem não torce para o Fogão e, principalmente pra quem é flamenguista, a partida é de alto teor cômico.

O Botafogo criou chances. Ótimas chances. Gols feitos. E Victor Simões, Lúcio Flávio e André Lima – por mais de uma vez – jogaram todas no lixo cometendo erros básicos na hora de finalizar.

André Lima faz uma partida PAVOROSA. Quem sabe agora o botafoguenses acordem para o fato de que o elenco do time e fraquíssimo e que o centro-avante é muito abaixo do nível de qualidade que imaginam. Perdeu um pênalti – que ainda pediu a Lúcio Flávio, batedor oficial, para cobrar – e em duas oportunidades de gol claras furou, naquele lance em que erra com um pé e a bola bate no outro.

O mais alto grito da torcida foram as vaias para Victor Simões, outro em noite particularmente ruim. De bom(“bom” sendo nas circunstâncias uma palavra forte) para o Botafogo, Lúcio Flávio nem tão sonolento e Jônatas correndo um pouco, apesar de errar bastante.

Ver o Botafogo hoje, aliás, é entender por que em mais de um ano de Flamengo Jônatas nunca conseguiu se firmar na equipe.

Pra melhorar, o Atlético ainda fez um gol impedido. Nessa daí eu ri, não tive como segurar. mas senti uma ponta de tristeza, pois escalei o Wellinton no meu time do Cartola e ele deve fazer negativo(viado).

O árbitro anuncia que teremos mais três minutos de acréscimo. Três minutos de desespero, comédia, vaias e futebol ruim. Nada mau… vou curtir esse finzinho e amanhã posto mais.

h1

Presidente do Corinthians se filia ao PT

08/08/2009

Já vão querer dizer que a culpa é minha, que foi só eu vir pro Brasil que começam a se formar suspeitos tipos de alianças e ligações.

Eu nunca escondi meu passado, por isso aviso a moçada que abra o olho para o que acontece no futebol e na política brasileira… de Máfia eu entendo!

O Presidente do Corinthians, Andres Sanchez, se filiou ao Partido dos Trabalhadores.

Acha que não tem nada demais? ABRE O OLHO, STRONZO!!

Não se esqueça das palavras do jogador Ronaldo, que denunciou o esquema entre o Corinthians, time do coração do Lula e empreiteras para trabalhar no clube. Não lembra? Clica aqui.

Mas não para por aí. O interesse é maior. O PT enxerga na numerosa torcida do Corinthians o alvo ideal para ser usado como massa de manobra na campanha a Presidência de Dilma Rosseuff. O Presidente corintiano se filia, estreita relações e tasca uma campanha maciça entre a torcida.

Mas o esquema não para por aí. Em contrapartida, o Presidente Lula e o PT ajudam o clube corintiano a conseguir arregos do mesmo tipo que aquele das empreiteras. Chute alto, mas olha, não se surpreendam se o Morumbi não for aprovado pra Copa, um estádio novo pinte em São Paulo e o Corinthians ganhe a construção de presente.

Saí fugido do meu país e vim parar no lugar certo. Máfia é comigo mesmo. Numa dessas eu até me meto no meio desse rolo aí… tenho experiência, jogo duro e adoro uma sacanagem político partidária.

Fica mais fácil se filiando ao PT ou entrando pra Gaviões da Fiel?

h1

Domingo tem Flamengo x Corinthians

07/08/2009

Longe da situação que os torcedores esperavam, Flamengo e Corinthians se enfrentam no domingo pelo Campeonato Brasileiro.

A expectativa era de uma briga pela ponta da tabela, temperada por um duelo particular entre Adriano Imperador e Ronaldo Fenômeno.

Nem um, nem outro.

O Flamengo luta para se estabelecer como equipe forte e embalar. Vem de resultados ruins e precisa da vitória para continuar acreditando num bom campeonato.

O Corinthians, já classificado para a Libertadores, tenta impedir a infalível queda de rendimento do time. A diretoria não liga muito – just business, como diz um cartola que deve viver em outro planeta – mas a torcida exige um bom desempenho do Timão.

Ronaldo não vai participar do jogo, para sua própria sorte. A magoada parte da torcida rubro-negra preparou, com muito carinho, uma recepção toda especial para o Fenômeno, que vai desde faixas e gritos da torcida à presença de travestis nas arquibancadas.

Manifestações contra o “traidor” Ronaldo ainda devem ocorrer, mas sem o mesmo ênfase e sem a mesma graça que existiria caso ele participasse do jogo.

A ausência também será sentida dentro de campo. Podem esquecer as reportagens piegas da Globo, com imagens da Copa de 2006 e lances isolados dos craques. Adriano estará sozinho em campo. O show do Corinthians terá que ser protagonizado pelo desmantelado elenco que viaja ao Rio de Janeiro. Nem Souza joga. A expectativa de atuação fenomenal recai sobre os pouco atrativos pés de Bill.

No início do campeonato se falava em recorde de público, em festa, em jogo histórico… apenas mais um domingo de futebol com dois grandes times brasileiros correndo atrás do prejuízo. É pra dar Flamengo.

h1

Perto demais do Paraíso

06/08/2009

Não deve ter existido um só flamenguista no mundo que não sentiu uma emoção especial no gol de empate de Petkovic, na derrota por 3 a 2 para o Goiás(confira o vídeo ao lado na Bitan TV).

O Flamengo havia voltado Flamengo para o segundo tempo: na bola, conseguiu empatar o jogo que estava 2 a 0 para o Goiás.

E com um golaço do Pet. Aquele mesmo Pet que oito anos antes cravou um dos mais importantes gols da história recente do Flamengo.

A torcida desconfiou da forma de Petkovic quando ele acertou sua volta ao clube. Com 36 anos, obviamente não se tratava do mesmo camisa 10 hábil e talentoso que havia vestido o Manto com tanta qualidade há quase uma década.

E o golaço, tão importante pra história do jogo, tão lindo, foi um afago naquela talvez muito pequena esperança que residia nos corações rubro-negros de ver Petkovic mais uma vez brilhando com a camisa do Flamengo.

Pra variar, o Flamengo perdeu. Num jogão muito disputado, o Goiás achou seu derradeiro gol no minuto final. Também achou um gol IRREGULAR de Léo Lima, que marcou após cometer uma falta criminosa a um metro do nariz do péssimo árbitro Héber Roberto Lopes.

Mas o Flamengo jogou futebol. Bom futebol. Só que porra, tá na hora de arrumar essa defesa, senão vai ser sempre assim! Chegou perto demais de virar o jogo e merecia ter virado. Mas sei lá, esse não foi um jogo em que deu raiva do Flamengo. O time lutou, jogou bem… foi diferente de outros vexames. Dá pra botar fé.

Principalmente se a torcida carioca resolver fazer como a torcida rubro-negra no Serra Dourada e apoiar o time… que show!

h1

Comé que é o nome do goleiro do São Paulo?

05/08/2009

Tá na ponta da língua, né Cléber Machado?

h1

Goiás x Flamengo: lá vem goleada…

04/08/2009

O Flamengo vai ao Serra Dourada nesta quarta com o objetivo de levar uma surra do Goiás.

O cenário é o preferido do Mengão quando gosta de dar vexame: vai jogar fora de casa contra um adversário de menor expressão, que vem cheio de vontade de vencer, enquanto o Flamengo assiste o adversário brilhar, fazer gols e consagra jogadores obscuros.

Igual nas partidas contra Sport e Coritiba.

Dá raiva só de imaginar o time andando em campo, os jogadores do Goiás correndo como se fosse final de Copa do Mundo e Ronaldo Angelim e Wellinton se embanando e entregando gols.

Como eu já disse antes, acabou 2009 pro Flamengo.

Sugiro que a torcida acompanhe aos jogos do time enquanto recebe os amigos em casa pra tomar uma cerveja, deixando a televisão ligada só pra se distrair um pouco.

Ou então pode encher o time do Cartola com jogadores que enfrentam o Flamengo, vibrando com a vagabundagem rubro-negra e com os muitos pontos que soma ao longo da partida.

Não seguindo essas sugestões, o torcedor rubro-negro invariavelmente ligará a televisão apenas para se incomodar.

O baile Esmeraldino acontecerá amanhã, às 21h50 da noite.

h1

Fernandão foi pro Goiás

04/08/2009

Tinha torcedor do Inter cantando de galo já.

Fernandão não quis nem saber e acertou com o Goiás.

Ele disse que hoje colocaria em seu site oficial os motivos pelos quais acertou com o Esmeraldino.

Também disse que tem “duas casas”. Que uma abriu escancarou as portas para ele(Goiás) e a outra, fechou(Inter).

Um negócio muito estranho. Fernandão viveu seu melhor momento no Inter e lá também venceu seus títulos mais importantes. Já havia dito que o Colorado tinha prioridade em sua contratação. O que aconteceu?

Engraçado como tempo desmascara pilantragens no futebol. Desmascarou aquele Inter charlatão do começo do ano, que achava que só porque fazia oito a zero em time de Série Z do interior gaúcho era a maior máquina de futebol do Brasil.

Perder jogador pro Goiás? Que vexame! O torcedor colorado merecia mais empenho no ano de seu centenário.

h1

Acabou 2009

03/08/2009

O Flamengo pipocou de novo.

Alguém duvidava?

Era o palco perfeito para mais um vexame rubro-negro: time embalado, Maracanã com bom público, adversário na lanterna da competição.

Acabou 2009 pro Flamengo.

O time pode vencer o Goiás e o Corinthians, embalar de novo e até voltar a enganar a torcida. Mas a verdade é que, quando tiver pela frente mais um jogo decisivo, mais uma clara oportunidade de subir na tabela, vai entregar.

O Flamengo é o Re-animator do futebol brasileiro. Os cadáveres pútrefos do Brasileirão mal conseguem esconder a felicidade ao chegar ao Maracanã, a casa adversária mais fácil de se roubar pontos.

E pra deixar a tragédia ainda melhor, o eternamente vaiado Léo Moura dirigiu impropérios para a torcida ao marcar o gol de empate, o que deixou boa parte da Magnética ainda mais irritada com o lateral.

Primeiro, posar ofendidinho com bobagem, ainda mais depois de passar dois jogos xingando o cara de tudo quanto é nome, é coisa de quem frequenta os lados lá das Laranjeiras.

Segundo, Léo Moura marcou no domingo seu segundo gol de empate salvador, tá na hora de abrir o olho, deixar a perseguição besta de lado e, se for pra vaiar, buscar quem realmente merece cobrança. Ronaldo Angelim e Kleberson “Penta”, por exemplo. É uma atuação desastrosa após a outra. Jogaram muito menos em 2009 que os das vaias perpétuas, Juan e o já citado Leonardo Moura. E o Imperador também tá precisando ser mais decisivo…

Enquanto isso, o bem estruturado São Paulo venceu mais uma. Coincidência?

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.