Archive for junho \30\+00:00 2009

h1

Flamengo não vai ser campeão

30/06/2009

O futebol do Rio de Janeiro passa por seu pior período.

O Flamengo consegue se firmar como o melhor dentre seus irmão cariocas, mas apenas porque a situação dos outros é digna de pena.

O Vasco está na segunda divisão, com um time fraco até mesmo para os padrões da Segundona.

O Fluminense vive da desorganização sem conseguir montar um time competitivo, apesar do dinheiro da Unimed e repete os mesmos erros todos os anos.

O Botafogo vai ser rebaixado pra Segunda Divisão. Eu insisto nisso e, torcedor botafoguense, nem perca tempo discutindo.

No Flamengo, o problema é outro.

O time parece estar longe dos tempos em que brigava pra não caiur, mas continua ainda distante do título brasileiro.

O Flamengo não vai ganhar o Brasileirão 2009.

Passei os últimos 15 anos acompanhando o time. Sei que não vai ganhar.

O time melhorou, o futebol do clube está mais ou menos perto de organizado, os salários não estão arasados(não que eu saiba).

Mesmo assim, só de ler as notícias e acompanhar o dia a dia do clube, dá pra ver que não vai ser hexa.

Vou deixar esse post aqui no blog e esperar.

Já foram quinze anos sem Brasileirão antes da criação do blog. Vamos ver quantas aniversários vamos comemorar com posts…

h1

Racismo é a arma do Grêmio

30/06/2009

cruzeirogremio

A quinta-feira vai ser muito difícil para o Grêmio.

O Cruzeiro tem um time melhor, com mais recursos e boa vantagem.

O Grêmio terá que contar com sua principal arma para conseguir a classificação: o racismo.

Racismo vem do pensamento de que existe distinção,  níveis superiores de raça.

E a raça do Grêmio sempre foi diferenciada. Superior.

Sempre foi e sempre será citada como adversários como um reduto de fortaleza.

Com um time inferior tecnicamente, os jogadores terão que se apoiar nesse racismo para conseguir a vitória.

Quanto ao outro racismo, aquele que Elicarlos fez surgir no jogo anterior, que fique de fora da partida.

Embora possa motivar manifestações nada positivas por parte da torcida, tudo fruto da irresponsabilidade do jogador cruzeirense.

Tomara que não.

Ou uma heróica classificação do Grêmio seria ofuscada por mais polêmica desnecessária, como aconteceu com a vitória do Cruzeiro.

Por causa do jogo da semana passada mudei de opinião e agora acho que os mineiros ficam com a vaga.

Espero que o racismo dos jogadores do Grêmio entre em campo e ajude a mudar esse resultado ou, ao menos, fazer valer a visita ao canal da Globo na quinta-feira após a novela.

h1

Shatterstar e Rictor saem do armário com beijo gay

30/06/2009

Shatterstar e Rictor protagonizam na revista norte americana X-Factor #45 o que acredito ser o primeiro beijo gay do Universo Marvel.

Pelo menos do primeiro escalão.

O comentário do Guido no último quadrinho é a melhor parte.

Lembro que na época que eu acompanhava os gibis brasileiros da Marvel(entre 93 e 98) já tinha várias histórias da X-Force em que os dois pareciam ter uma relação sugestivamente homossexual.

Os dois sempre tiveram a maior pinta de bicha, mesmo o Rictor tendo comido a Lupina certa vez.

Não lembro direito da historinha, mas teve uma vez que o Rictor levava o Shatterstar pra dar uma relaxada na cidade, daí eles iam numa boate. Na pista de dança, uma mulher chegava no Shatterstar e ele ficava todo desconfortável. Um pouco mais adiante tinha algumas insinuações muito engraçadas.

Vale ressaltar que o texto do gibi é assinado pelo Peter David, que tem no currículo muitas inserções de bichisse nas histórias que escreve, como no trabalho com Supergirl(ele até chegou a ganhar um prêmio GLAAD media award pela publicação) e na minissérie Madrox, quando insinuou que algumas das cópias do personagem estavam explorando seu lado bissexual.

Na época em que eu lia gibi Peter David escrevia os gibis do Hulk.

Era aquela época em que todas as personalidades do Hulk se juntaram, ele ficava 24h como um Hulk verde com a mente de Bruce Banner, com a força do Hulk clássico e um pouco da personalidade ácida do Hulk Cinza.

Nesse período o Hulk fez parte de um grupo de super-seres chamado Panteão. E nesse grupo havia também um personagem gay, chamado Heitor.

Heitor era abertamente gay e até zuado por alguns membros do Panteão, embora não se falasse disso totalmente de forma aberta.

Uma tirada muito engraçada que teve foi quando teve o casamento do Rick Jones, antigo parceiro do Hulk(parceiro no sentido de herói, sidekick, não de viado!) e alguém comenta alguma coisa do tipo “parece que o Heitor já está se enturmando” e mostra um quadrinho com o Heitor conversando e rindo com o Estrela Polar, primeiro personagem da Marvel a ser tido como homossexual.

O encontro do Estrela Polar com o Heitor do Panteão foi mais uma coisa cômica do que significativa.

O homossexualismo do Estrela Polar era muito mais velado que o do Heitor, tendo surgido muitos anos após o personagem ter sido criado e após as aventuras clássicas da Tropa Alfa.

Alguém achou que seria divertido fazê-lo gay e os editores não viram problema. Acabou virando mais um fato meio obscuro de um personagem pouco popular do que um capítulo relevante do Movimento GLS nos quadrinhos.

Com Peter David escancarando a homossexualidade de Rictor e Shatterstar não é de se duvidar que daqui a pouco os dois estrelem sua própria série um pouco mais voltada para o público gay. Ou que um título nesses moldes estrelando outro personagem seja criado.

Talvez até tragam de volta o Estrela Polar, com mais destaque do que sempre teve.

Na época em que eu lia gibi uma coisa dessas não seia bem vista, mas seria bastante curioso se tivesse ocorrido um beijo gay naqueles gibis… será que eu acharia mais nojento que engraçado? Porque eu sempre achei bicha muito engraçado, nos gibis então…

De qualquer forma, esse é um relacionamento gay que abre as portas pra muita história interessante focando esse amor diferente.

Boa sorte às duas heroínas.

h1

O Céu, a um jogo de distância

30/06/2009

O Corinthians está muito perto de cumprir seu principal objetivo de 2009: disputar a Libertadores no seu ano do centenário.

Com a participação no torneio assegurada, o time deve renovar com Ronaldo, trazer mais jogadores de nome – Edu já acertou seu retorno – firmar mais contratos de todos os tipos e mascarar todos os seus trambiques.

Mas não vai ser fácil.

O Internacional também joga todas as suas fichas neste jogo.

Porque além de ficar de fora da Libertadores ainda teve que ver o Grêmio chegar à semifinal do torneio e corre sério risco de não ganhar nada de importante em seu centenário.

O Corinthians tem boa vantagem, mas está preocupado.

Tem muito a perder.

Além do mais, o árbitro do jogo será o mineiro Ricardo Marques Ribeiro.

Ribeiro é mais novo que Ronaldo.

O Corinthians teme que sinta a pressão, da mesma forma como espera que o sempre cordial Mano Menezes possa controlar o jovem juiz aos berros.

A diretoria corintiana ainda não engoliu o DVD do Internacional.

Achou um absurdo, um desrespeito. Mas não ficou quieta: está tentando junto a CBF barrar a presença do jogador Bolívar do jogo.

Alega que sua renovação de contrato quebra o regulamento da Copa do Brasil no que diz respeito ao prazo de inscrição para atletas que desejam disputar o torneio.

Independente do que decida a CBF, está na hora de jogar futebol.

E dentro do Beira Rio lotado, vai ser muito difícil.

Tudo pelo centenário perfeito.

h1

Inter: desespero e chororô

30/06/2009

Nenhum torcedor colorado imaginou que seria assim.

Às vesperas do jogo contra o Corinthians, o Internacional está desesperado.

Muito longe da quase arrogância exibida nos tempos de “melhor time do Brasil”, que hoje parecem tão distantes.

O Internacional fez seu cartaz em cima de números.

A cada gol sofrido em casa ou marcado fora, uma nova conta era informada: “é o gol de número 80 na temporada, é a primeira derrota no ano, o time segue com 100% de aproveitamento”

2 x 0 pro Corinthians, 4 x 0 pro Flamengo, 1 x 0 LDU.

A realidade bateu, mas parece que o time não acordou.

Bastaria entrar em campo envergando as mantas coloradas para abater o adversário.

Lógico que não.

O Internacional está desesperado.

Desespero que fez com que a diretoria montasse um patético dossiê sobre os jogos em que o Corinthians foi beneficiado pela arbitragem.

A torcida do Flamengo está impressionada. Não sabia que o grande time das duas batalhas das quartas-de-final da Copa do Brasil era uma espécie de Botafogo gaúcho, afeito às pequenices do chororô.

E esse chororô só mostra que o time do Internacional parece assustado, sem confiança.

O torcedor, como sempre, acredita. Tem certeza.

Mas de certo, nesta catimbada decisão, apenas a necessidade do Inter em deixar pra trás arrogância e choramingos e entrar em campo apenas para jogar seu melhor futebol.

h1

Avacalhou: Eto’o quer mais dinheiro

30/06/2009

Não bastou a oportunidade de se tornar o jogador mais bem pago do mundo.

Samuel Eto’o quer mais.

Não apenas o salário astronômico, mas £12,5 milhões pra quando assinar o contrato.

Josep Maria Mesalles, agente de Eto’o, acha que o jogador tem boas chances de não ficar no Barcelona.

O tablóide inglês The Sun informou que o agente acredita que “se não houver uma volta de 180 graus, Eto’o vai ficar no Barcelona”

Ah, ele tem mais um ano de contrato e se ficar sai de graça ao término do compromisso.

Menos £25 milhões pro Barça.

E menos £250 mil por semana pro Samuca.

Pode entrar uma boa grana na Gávea.

Arsene Wenger, chefão do Arsenal, está preparando uma oferta de £15 milhões pra tirar Felipe Melo da Fiorentina.

Melo é considerado o substituto ideal para a vaga deixada com a saída de seu colega de Seleção, Gilberto Silva.

Gilberto Silva falou sobre a possível transferência ao tablóide inglês The Sun:

“A gente ouviu uns rumores e ele me perguntou”

“Eu disse que é um clube fantástico e que se ele estiver interessado, deve ir sem nem pensar”

“Se eles conseguirem contratá-lo, será ótimo porque ele é o jogador que eles precisam neste momento”

Quem deve comemorar a venda é a diretoria torcida do Flamengo.

Como clube formador, o rubro-negro deve embolsar 5% do valor da transferência.

Seria a melhor jogada de Felipe Melo pela instituição do Flamengo.

h1

Kléber Leite, prepare os bolsos: Felipe Melo pode ir pro Arsenal

30/06/2009

Pode entrar uma boa grana na Gávea.

Arsene Wenger, chefão do Arsenal, está preparando uma oferta de £15 milhões pra tirar Felipe Melo da Fiorentina.

Melo é considerado o substituto ideal para a vaga deixada com a saída de seu colega de Seleção, Gilberto Silva.

Gilberto Silva falou sobre a possível transferência ao tablóide inglês The Sun:

“A gente ouviu uns rumores e ele me perguntou”

“Eu disse que é um clube fantástico e que se ele estiver interessado, deve ir sem nem pensar”

“Se eles conseguirem contratá-lo, será ótimo porque ele é o jogador que eles precisam neste momento”

Quem deve comemorar a venda é a diretoria torcida do Flamengo.

Como clube formador, o rubro-negro deve embolsar 5% do valor da transferência.

Seria a melhor jogada de Felipe Melo pela instituição do Flamengo.


h1

Flamengo acerta contratação de Denis Marques, ex-Atlético-PR

29/06/2009

Denis Marques é o mais novo reforço do Flamengo.

O jogador deve ser apresentado na próxima segunda.

Alguém lembra dele? É aquele cara com trancinhas estilo Oséas que se destacou pelo Atlético-PR jogando muita bola no Brasileirão de 2006.

Seu momento mais marcante no futebol brasileiro foi o golaço que marcou no clássico contra o Paraná Clube(veja vídeo abaixo).

Mesmo não tendo aparecido no cenário futebolístico de forma relevante nos últimos anos, a aposta no jogador é válida.

Entretanto, algo me deixa com a pulga atrás da orelha.

Gilmar Ferreira, do Extra, informou que a diretoria acertou o salário do jogador em R$ 210 mil.

E aí a coisa toda já muda de figura: deixa de ser uma boa contratação e entra na conta como mais uma cagada da diretoria do Flamengo.

Porra, 210 mil reais é salário top do futebol brasileiro. Pagar tudo isso pra um cara que teve uma boa fase faz três anos?

O que me deixa mais puto é a depreciação da marca Flamengo. Qualquer jogador que mal saiba fazer uma embaixada com a pelota vem pro Flamengo ganhando uma bolada.

Fico imaginando como deve ser o representante do Flamengo negociando com os jogadores.

O jogador faz a proposta, o representante do Flamengo come uma laranja, ambos apertam as mãos e saem felizes da vida.

Menos o procurador do jogador, que reclama “puta merda, deveria ter pedido mais dinheiro”

Aí depois começa tudo de novo: o Flamengo tem dificuldade em honrar o compromisso, atrasa salários, o time entra em campo de corpo mole, entrega jogos fáceis, o time não vai pra Libertadores e o jogador vai embora, deixando uma dívida que em pouco tempo se transforma numa grande quantia de dinheiro.

Tudo em nome da coissão do Kléber Leite representante do Flamengo.

Pra não deixar todo mundo triste, vou finalizar o post com o gol mais memorável de Denis Marques, assim todo mundo dorme um pouco mais feliz esperando que ele faça o mesmo pelo Flamengo:

h1

Blog do Titan no Cartola F.C.

29/06/2009

Fala pessoal.

Bitan na área.

E buito puto. O time Blog do Bitan foi mal no Cartola nessa rodada.

Tudo culpa de alguns BIDÍCULOS que não honram as camisas.

Quem diria que o Thiago Humberto seria meu maior pontuador?

Meu time:


h1

Felipão acusa: culpa de queda no Chelsea foi de Drogba, Ballack e Petr Cech

29/06/2009

Felipão é macho, tchê.

Quando é pra falar, não quer nem saber.

Qualquer outro treinador que passasse por situação semelhante no Chelsea teria sido mais comedido.

Não Felipão.

O brasileiro foi extremamente claro ao tablóide The Sun ao falar sobre o que deu errado na versão inglesa da Família Scolari.

Ele falou sobre as dificuldades de ser um comandante nos dias atuais e seus problemas nos Blues:

“Os verdadeiros donos do futebol hoje em dia são os jogadores. São eles que decidem tudo”

“Técnicos da maioria dos times grandes da Europa não são fortes o suficiente para discordar de sua exigências”

“Quem os times preferem mandar embora? As estrelas – que ganham entre quatro e nove milhões de euros por contratos de cinco anos – ou o treinador?”

“É claro que o primeiro a ser mandado embora sempre vai ser o técnico. E os jogadores já estão cientes de seus poderes dentro do time e fazem o que querem”

“Foi meu maior problema no Chelsea. Drogba, Ballack e Cech não aceitaram meus métodos de treinamento nem minhas exigências.

E meteu mais a mão na merda: disse que o trio minou sua autoridade com contusões musculares insólitas e desafios a sua liderança.

“Drogba apareceu com uma lesão muscular e disse que precisava de dois meses pra se curar dela…em Cannes!”

“Ballack, alegando dores na sola do pé, também pediu pra viajar”

“Com Cech o problema foi outro. Ele tinha seu próprio treinador de goleiros e eu era completamente contra isso”

“O treinador de goleiros tem que treinar TODOS os goleiros do time, não só um”

“Ele ficou furioso e passou a me tratar com frieza. No vestiário imediatamente ficou evidente que eu tinha forte oposição”

O treinador ainda disse que nunca mais vai trabalhar na Inglaterra de novo.