Archive for 6 de julho de 2009

h1

Começa a Era dos Neo Galácticos

06/07/2009

A apresentação de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid, hoje a tarde, foi mais apoteótica que a de Kaká.

Mais Galáctica.

Mais de 80 mil torcedores foram ver o craque português debutar no Santiago Bernabeu.

Começa agora a Era dos Neo Galácticos.

Sim, antes da temporada. Porque o que faz do Real Madrid tão espetacular é exatamente seu poder de vender e explorar os craques também fora de campo.

Quando, de fato, os Neo Galácticos estrearem, toda uma expectativa em cima da equipe já terá sido criada, os direitos de transmissão do primeiro jogo trarão milhões aos cofres do Real e o mundo toda assistirá quando Kaká, Cristiano Ronaldo, Benzema e cia. vestirem pela primeira vez a camisa alva do time merengue.

Quem ganha com todo esse espetáculo é o futebol.

Não apenas dentro de campo – aí tem que rolar muita coisa ainda antes que se fale em “ganhar” – mas o lado mercadológico do esporte, do marketing esportivo.

O céu é o limite para um hoje calejado Florentino Pérez e as oportunidades que os Neo Galácticos vão abrir para o Real Madrid.

Mais do que nunca, o Real Madrid se firmará como o maior clube do mundo.

E, dentro de campo, vamos torcer para que sobre a sonhada “ilusíon” de Perez.

h1

Será que chega?

06/07/2009

Foi 2 a 1, poderia ter sido mais.

Infelizmente, Ibson perdeu um gol na cara e um pênalti em sua despedida.

Mas não fiquei puto. Bravo mesmo só de ver a atuação pífia de Adriano pós-caganeira suspeita.

E aí torcida, Adriano faltou treino e não jogou merda nenhuma, tá na hora de cobrar empenho do Imperador, não acham?

E, falando em cobrança, peço aos flamenguistas que vão ao estádio que parem com essa babaquice de vaiar o Juan.

Na boa, o time não é aquela maravilha toda, tu já foi lá e pagou o ingresso, não temos reserva a altura… pra que vaiar?

Sério, alguém me explica. O que motiva uma pessoa a ir ver o Flamengo e ficar vaiando jogador do time? Essas pessoas pensam em que? É pra prejudicar de propósito mesmo?

Juan não vem sendo infalível como no ano passado, mas suas atuações passam longe de merecer vaias.

Juan a parte, de um modo geral, não gostei do time.

Tem boas atuações individuais, mas muitas vezes parece jogar com muita sonolência e displiscência… sobe devagar ao ataque, ninguém acompanha… tá na hora de mudar isso aí e botar a moçada pra suar sangue.

Repito: toda a filosofia de trabalho do Flamengo é equivocada. Não existe dentro do time, do clube, da Gávea aquele sangue nos olhos que os times campeões mostram quando entram em campo.

Não sei se é falta de cobrança ou de comando, mas tá na hora de dar uma apertada. Porque se o Flamengo vence o SPFC semana que vem, aí o negócio fica sério.

Mas quer apostar quanto que vai entregar? Vou até fazer um post especial sobre o jogo essa semana…

E agora, sem Ibson, o Flamengo chega lá?

h1

Blog do Titan mais uma vez na frente

06/07/2009

O Titan vai ter que me dar um aumento.

Só hoje saiu no Terra a notícia do acerto entre o volante Edu, ex-Valencia da Espanha com o Corinthians.

A mesma notícia já tinha saído aqui no blog em 15 de junho, nesse post aqui.

Blog pequeno, feito na raça é assim mesmo: a gente pode até dar algumas barrigadas, mas nos poucos mais de dois meses em que o Blog do Titan está no ar já foram mais de 150 posts e muitos, mas muitos mais acertos que erros.

Ás vezes a gente pega a informação e fica com um pouco de receio de bancar, mas é de nossa política sempre priorizar o furo, mesmo correndo o risco de ter que pedir desculpas pela informação errada mais tarde.

E isso apenas porque aqui no Blog nos sentimos obrigados a prestar contas sobre informações erradas. Também sempre informamos nossas fontes, para embasar as notícias e provar que são algo além do simples boato.

Só que é aquela coisa: não sou jornalista de formação, sou publicitário. O comprometimento que tenho com as fontes de minhas notícias, com os meus leitores, não foi algo que aprendi na universidade, que algum professor atencioso me ensinou. É apenas vergonha na cara.

É importante o leitor aqui do Blog lembrar que muitos outros veículos de comunicação virtual cujos donos são ditos jornalistas não terão esse tipo de cuidado. Então é muito importante que você, leitor, acesse sempre sites e blogs em que a veracidade das informações possa ser comprovada por fontes de confiança e pela confirmação, mais tarde, da notícia.

Devido a uma mancada da Justiça, hoje, sou jornalista. Mas a ética em cima da informação já vem muito antes da decisão ser anunciada.

Procure sempre o melhor. Procure o Blog do Titan.

A Bitonera agradece sua bisita!!!

h1

Cidades da Copa pedem R$ 20 bilhões para União

06/07/2009

Da FOLHA DE SÃO PAULO

Gasto com evento pode ser R$ 7,7 bi superior ao investido na Alemanha-06

Ministro das Cidades diz que os pedidos de recursos para projetos de infraestrutura só serão aceitos se forem vinculados ao Mundial-14

SIMONE IGLESIAS

DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

A cinco anos da Copa de 2014, a estimativa de gastos do governo federal com o evento se aproxima de R$ 30 bilhões.

As cidades-sedes pleiteiam ao Planalto pelo menos R$ 20,38 bilhões para obras de infraestrutura. Somados aos investimentos de R$ 7,3 bilhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) nas 12 sedes, hoje, o custo somente para a União atinge R$ 27,7 bilhões.

As cidades escolhidas pela Fifa não economizam nos pedidos, que vão da construção de metrôs e duplicação de ruas até a reforma de hospitais e a compra de ambulâncias e carros para a polícia. Nessa conta não estão recursos para estádios, hotelaria e demais obras que ocorrerão em PPP (com participação da iniciativa privada), como o trem-bala entre Rio e São Paulo, cujo custo estimado é de pelo menos US$ 11 bilhões.

Fortaleza é a recordista em pedidos: R$ 3,6 bilhões, distribuídos em 56 obras. Brasília tenta emplacar quatro obras, com custo de R$ 3,43 bilhões.

A soma dos pleitos das duas cidades é praticamente o mesmo custo estimado pela África do Sul para a Copa do Mundo de 2010: US$ 3,5 bilhões.

O valor calculado pela Folha é R$ 7,7 bilhões superior ao gasto total da Copa da Alemanha, sendo que, dos R$ 20 bilhões de investimentos naquele país, só R$ 4 bilhões saíram dos cofres públicos.

A pressão de Estados e cidades sobre os ministros é intensa. Na semana passada, houve uma reunião com prefeitos em Brasília, na qual o governo tentou pôr freio nas demandas.

Como os projetos finais de investimentos feitos pelas sedes ainda não foram entregues, o Planalto tenta conter obras que não considera fundamentais para que a Copa dê certo.

“A palavra é modéstia na preparação da Copa. As cidades têm que garantir conforto, segurança e acomodações necessárias aos turistas e torcedores. Mas sem elefante branco e sem exagero”, disse aos prefeitos o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., na ocasião.

Em discurso há duas semanas, no Rio, o presidente Lula pediu aos governadores e prefeitos que tenham “cuidado com o dinheiro do povo”. “São 30 ou 40 dias de Copa, e não podemos fazer investimentos de coisas que a gente não vai utilizar depois”, afirmou.

O governo estimulou prefeitos e governadores a fazerem lista de pedidos para a segunda Copa no Brasil, mas não contou com a hipótese de empurrarem para o seu orçamento demandas históricas, como projetos de construção de metrôs que se arrastam há anos, casos de Curitiba e Porto Alegre.

Passou então a deixar claro às cidades que já está investindo em infraestrutura e transportes por meio do PAC, no qual R$ 7,3 bilhões estão garantidos -valor que pode aumentar futuramente, com eventuais aditivos contratuais.

O total destinado às 12 sedes no PAC será investido na construção de terminais hidroviários (em Manaus) e de metrôs e em reformas dos aeroportos. Quase a metade do valor é para São Paulo: R$ 3,26 bilhões.

A capital paulista é a única das sedes que não está pedindo mais verba à União. Obras de duplicação de avenidas, construção de túneis e novas linhas de metrô serão feitas, segundo São Paulo, com recursos estaduais, municipais e privados.

O governo receberá em dois meses a lista de pedidos das cidades. Fará um filtro e anunciará o PAC da Mobilidade Urbana (que deverá mudar de nome, pois marqueteiros acham que o termo é muito técnico), que será uma soma das obras do PAC já em andamento com aquelas que forem aprovadas para o Mundial de 2014.

“Os pedidos só serão aceitos se tiverem vinculação específica com a Copa. O governo não vai resolver problemas históricos das cidades”, disse o ministro Márcio Fortes (Cidades), um dos responsáveis por selecionar os projetos.

O governo é tratado pelas sedes como primeira alternativa. Se não der certo, elas recorrerão a financiamentos externos e à iniciativa privada.

Retirado de: http://www.blogdopaulinho.wordpress.com

h1

Mulher Melancia na Playboy

06/07/2009

Foi divulgada a capa da nova Playboy da Mulher-Melancia. É, mais uma.

Dessa vez, num arroubo de criatividade, imitaram a capa clássica da Playboy com Marilyn Monroe.

Ainda tento entender o porquê.

Vai ver tentaram colocar Melancia fazendo referência a uma mulher que era quase seu oposto, pra tentar algum resultado que não consigo enxergar.

Mas tudo o que fizeram foi mostrar que Melancia precisa de Photoshop até pra ficar apresentável ao lado de uma mulher morta há quase 50 anos.

Mas a melhor parte ainda é a chamada da capa: “Mulher Melancia, a pin-up do terceiro milênio”.

Hmmmm… tá certo então. Entendi.

Não percam ainda esta semana o post especial sobre o pin-up Obina.

Ronaldo reclama: “não estou pin-up”

Jô Soares é eleito novo pin-up do terceiro milênio e fecha com a Playboy.

h1

O maior químico do mundo

06/07/2009

Uma piada muito antiga, da época em que eu era apenas um labisome juvenil, perguntava: “sabe qual é o maior químico do mundo?”

Aí tu ia lá todo ingênuo e dizia “não, quem?”

A resposta: Sílvio Santos.

Por que? “Porque é o único que consegue transformar o domingo em bosta”.

Pois o Patrão ganhou competição pesada: qualquer um que for ao cinema assistir Transformers 2: A Vingança dos Derrotados vai descobrir que existem químicos muito mais talentosos que o dono do SBT atuando no mercado.

O filme não chegou a jogar merda no meu domingo, porque foi um dia particularmente muito bom, mas assistir ao filme como como fechar o dia com chave de metal comum(se metal comum fosse feito de merda).

Eu já não havia gostado muito do primeiro filme. A melhor parte, pra mim, era olhar os robozinhos se transformando, que é realmente uma beleza.

Fora isso, a história do filme era muito boba. Basicamente, tinha um guri que falava rápido que era doido por uma menina muito gostosa. Aí, um monte de robô vinha pra Terra quebrar o pau, atrás de um negócio que tinha a ver com o guri. Os bonzinhos ficavam amigos do guri e no final era só enfiar um quadrado no chefão que ele morria. E depois de ficar amigo de um monte de robô que virava carro de luxo, a menina muito gostosa finalmente resolvia ficar com o guri.

Tinha lá sua graça e tal, e confesso que fiquei até bastante entretido assistindo ao filme no cinema. Depois é que foi bater aquela sensação de “ih, que bosta”, mas tinha boas cenas de ação e momentos engraçadinhos que até justificavam a ida ao cinema.

Nunca dá pra esperar muito dos blockbusters. Os roteiros sempre são iguais, sempre tem aquelas reviravoltas forçadas e previsíveis, clichês, interesses amorosos forçados… principalmente se forem sequência, porque um dos mandamentos já diz “80% das sequências de filmes de sucesso será uma merda”. Mas mesmo assim eu fui ver Transformers 2.

Simplificando: Transformers 2 pega tudo o que o primeiro tinha de bom e deixa ruim, e tudo o que tinha de ruim e deixa pior.

A trama é ainda mais rocambolesca que a do primeiro episódio: enquanto os Autobots agem como uma força secreta do Governo caçando Decepticons que sobraram na Terra, o gurizão que fala rápido vai entrar pra faculdade.

Aí ele toca num estilhaço daquele cubo que matou o Megatron, que estava no bolso da camisa que ele usou naquele dia – e que não tinha lavado nem olhado os bolsos até então – e recebe um monte de informação sobre os Transformers, fica vendo um monte de símbolos em “transformer”, sei lá que língua eles falam, e fica tendo uns ataques vendo esses escritos, consegue ler livros em segundos e entender um monte de coisa de física e tal(menos a língua de suas visões).

Curioso que isso não aconteceu quando ele pegou O CUBO INTEIRO e enfiou dentro do Megatron.

Pois bem, acontece que esses negócio que ele enxerga são – adivinhe só – algo que os vilões querem muito.

Não vou explicar muito porque quando eu disse que é rocambolesca era sério, mas basicamente se os Decepticons botarem as mãos na informação fode pro lado dos Autobots e dos humanos também, já que existe na Terra(dentro de uma das pirâmides) uma máquina pra destruir nosso sol.

E nem queira saber como foi parar ali.

O roteiro é tão ruim, mas tão ruim que a história idiota é o menor dos problemas.

Como o Optimus Prime explica no início, um sinal foi mandado e aí novos Autobots foram pra Terra trabalhar pra Força Secreta. Só que tu simplesmente esquece que eles existem, porque não servem pra absolutamente nada a não ser ocupar alguns minutos em cenas de ação ou fazer figuração na batalha final.

Porra, até o Bumblebee aparece pouco!

Os que mais aparecem são dois Autobots gêmeos e mesmo assim muito pouco, na maior parte do tempo apenas seguindo os humanos, só voltando com uma eventual tirada engraçadinha.

Esse é o maior problema do Devastator, aquele robozão gigantesco que é formado por Decepticons.

Quando ele surge, chega até a dar medo, porque é muito maior que os outros robôs, que já são grandes. Aí tu pensa, “porra, como vão destruir essa coisa?” o que é bem legal, já que exigiria, no mínimo, muita porrada entre os robozinhos.

Mas não. A participação do Devastator se resume basicamente a estar ali.

Tudo o que ele faz depois de surgir é sugar(!) um monte de coisa, apanhar consideravelmente de um robô com 1/10 de seu tamanho, se cagar todo pra escalar uma pirâmide e morrer.

Ah sim, e mostrar os testículos. É, ele tem bolas! O robô tem bolas!

E tem piores ainda… não vou botar mais spoilers, mas o clímax, por exemplo, é picaretagem da braba, só com muita boa vontade pra engolir…

Eu já esperava um filme não muito bom, mas não sabia que seria ofensivo.

A única coisa que presta no filme é exatamente ver os robozinhos se transformando em carro e se mexendo.

Aliás, eu estou começando a acreditar que eles são bem feitos demais pra ser apenas efeito especial…

Porra, olha o Hulk! Continua malfeito depois de tantos anos de evolução da tecnologia em animação e os robôs de Transformers parecem de verdade.

Eu sei que é mais difícil fazer pele que metal pros animadores, mas mesmo assim acredito que Transformers existem de verdade e que são amigos do Steven Spielberg… ganharam cachê pra fazer o filme e moram em algum lugar em Los Angeles.

Pelo menos se isso fosse verdade, daria menos raiva.

Sem dúvida Transformers 2: a Vingança dos Derrotados é um dos piores filmes que eu já vi.

Tanto que da próxima vez que me perguntarem “tu sabe qual é o maior químico do mundo?” eu vou realmente ficar em dúvida, pensando se a resposta é Michael Bay, Optimus Prime, Transformers…

Recomendo: nem percam tempo indo no cinema. Fiquem em casa vendo o Sílvio Santos, porque químico por químico é melhor ficar com o que transforma o domingo em merda de graça. E sem testículos.

Cotação: Nota 1 de 10

h1

O camisa 7 da Gávea

06/07/2009

E agora, como é que eu fico, nas tardes de domingo sem Ibson no Maracanã?

O camisa 7 da Gávea.

Moraes Moreira não vai compor músicas sobre ele, seu rosto não vai ficar eternizado numa foto de postêr de campeão brasileiro.

Vai fazer muita falta.

O rubro-negro de berço que carregou o melhor Flamengo dos últimos 15 anos nas costas e no futebol.

Ver Ibson ser Ibson – roubando a bola na defesa, passando no meio de dois jogadores, conduzindo-a até o ataque, tocando pra frente e aparecendo pra concluir – vai ficar para sempre como uma boa lembrança pros flamenguistas.

Vai dar saudade.

Pra mim, é craque. Gosto muito do futebol dele.

Se não tivesse que desempenhar muitas vezes o papel de meia, seria melhor ainda.

O Flamengo não tem dinheiro pra comprá-lo do Porto, numa história que entra pra galeria de cagadas da diretoria.

Tomara que tenha muito sucesso no futebol europeu e que ganhe a valorização que merece.

Não tenho mais o que falar. Fico muito triste. O Flamengo perde um dos jogadores que mais souberam honrar o Manto:

Me despeço com o vídeo de Flamengo 5 x 2 do Brasileirão de 2008, talvez a melhor atuação de Ibson pelo Flamengo. Além de jogar muito, marcou três gols, sendo um deles o mais bonito vestindo a camisa do Flamengo, de letra:

É IBSON! É IBSON! É IBSON! É IBSON! É IBSON!