h1

O maior químico do mundo

06/07/2009

Uma piada muito antiga, da época em que eu era apenas um labisome juvenil, perguntava: “sabe qual é o maior químico do mundo?”

Aí tu ia lá todo ingênuo e dizia “não, quem?”

A resposta: Sílvio Santos.

Por que? “Porque é o único que consegue transformar o domingo em bosta”.

Pois o Patrão ganhou competição pesada: qualquer um que for ao cinema assistir Transformers 2: A Vingança dos Derrotados vai descobrir que existem químicos muito mais talentosos que o dono do SBT atuando no mercado.

O filme não chegou a jogar merda no meu domingo, porque foi um dia particularmente muito bom, mas assistir ao filme como como fechar o dia com chave de metal comum(se metal comum fosse feito de merda).

Eu já não havia gostado muito do primeiro filme. A melhor parte, pra mim, era olhar os robozinhos se transformando, que é realmente uma beleza.

Fora isso, a história do filme era muito boba. Basicamente, tinha um guri que falava rápido que era doido por uma menina muito gostosa. Aí, um monte de robô vinha pra Terra quebrar o pau, atrás de um negócio que tinha a ver com o guri. Os bonzinhos ficavam amigos do guri e no final era só enfiar um quadrado no chefão que ele morria. E depois de ficar amigo de um monte de robô que virava carro de luxo, a menina muito gostosa finalmente resolvia ficar com o guri.

Tinha lá sua graça e tal, e confesso que fiquei até bastante entretido assistindo ao filme no cinema. Depois é que foi bater aquela sensação de “ih, que bosta”, mas tinha boas cenas de ação e momentos engraçadinhos que até justificavam a ida ao cinema.

Nunca dá pra esperar muito dos blockbusters. Os roteiros sempre são iguais, sempre tem aquelas reviravoltas forçadas e previsíveis, clichês, interesses amorosos forçados… principalmente se forem sequência, porque um dos mandamentos já diz “80% das sequências de filmes de sucesso será uma merda”. Mas mesmo assim eu fui ver Transformers 2.

Simplificando: Transformers 2 pega tudo o que o primeiro tinha de bom e deixa ruim, e tudo o que tinha de ruim e deixa pior.

A trama é ainda mais rocambolesca que a do primeiro episódio: enquanto os Autobots agem como uma força secreta do Governo caçando Decepticons que sobraram na Terra, o gurizão que fala rápido vai entrar pra faculdade.

Aí ele toca num estilhaço daquele cubo que matou o Megatron, que estava no bolso da camisa que ele usou naquele dia – e que não tinha lavado nem olhado os bolsos até então – e recebe um monte de informação sobre os Transformers, fica vendo um monte de símbolos em “transformer”, sei lá que língua eles falam, e fica tendo uns ataques vendo esses escritos, consegue ler livros em segundos e entender um monte de coisa de física e tal(menos a língua de suas visões).

Curioso que isso não aconteceu quando ele pegou O CUBO INTEIRO e enfiou dentro do Megatron.

Pois bem, acontece que esses negócio que ele enxerga são – adivinhe só – algo que os vilões querem muito.

Não vou explicar muito porque quando eu disse que é rocambolesca era sério, mas basicamente se os Decepticons botarem as mãos na informação fode pro lado dos Autobots e dos humanos também, já que existe na Terra(dentro de uma das pirâmides) uma máquina pra destruir nosso sol.

E nem queira saber como foi parar ali.

O roteiro é tão ruim, mas tão ruim que a história idiota é o menor dos problemas.

Como o Optimus Prime explica no início, um sinal foi mandado e aí novos Autobots foram pra Terra trabalhar pra Força Secreta. Só que tu simplesmente esquece que eles existem, porque não servem pra absolutamente nada a não ser ocupar alguns minutos em cenas de ação ou fazer figuração na batalha final.

Porra, até o Bumblebee aparece pouco!

Os que mais aparecem são dois Autobots gêmeos e mesmo assim muito pouco, na maior parte do tempo apenas seguindo os humanos, só voltando com uma eventual tirada engraçadinha.

Esse é o maior problema do Devastator, aquele robozão gigantesco que é formado por Decepticons.

Quando ele surge, chega até a dar medo, porque é muito maior que os outros robôs, que já são grandes. Aí tu pensa, “porra, como vão destruir essa coisa?” o que é bem legal, já que exigiria, no mínimo, muita porrada entre os robozinhos.

Mas não. A participação do Devastator se resume basicamente a estar ali.

Tudo o que ele faz depois de surgir é sugar(!) um monte de coisa, apanhar consideravelmente de um robô com 1/10 de seu tamanho, se cagar todo pra escalar uma pirâmide e morrer.

Ah sim, e mostrar os testículos. É, ele tem bolas! O robô tem bolas!

E tem piores ainda… não vou botar mais spoilers, mas o clímax, por exemplo, é picaretagem da braba, só com muita boa vontade pra engolir…

Eu já esperava um filme não muito bom, mas não sabia que seria ofensivo.

A única coisa que presta no filme é exatamente ver os robozinhos se transformando em carro e se mexendo.

Aliás, eu estou começando a acreditar que eles são bem feitos demais pra ser apenas efeito especial…

Porra, olha o Hulk! Continua malfeito depois de tantos anos de evolução da tecnologia em animação e os robôs de Transformers parecem de verdade.

Eu sei que é mais difícil fazer pele que metal pros animadores, mas mesmo assim acredito que Transformers existem de verdade e que são amigos do Steven Spielberg… ganharam cachê pra fazer o filme e moram em algum lugar em Los Angeles.

Pelo menos se isso fosse verdade, daria menos raiva.

Sem dúvida Transformers 2: a Vingança dos Derrotados é um dos piores filmes que eu já vi.

Tanto que da próxima vez que me perguntarem “tu sabe qual é o maior químico do mundo?” eu vou realmente ficar em dúvida, pensando se a resposta é Michael Bay, Optimus Prime, Transformers…

Recomendo: nem percam tempo indo no cinema. Fiquem em casa vendo o Sílvio Santos, porque químico por químico é melhor ficar com o que transforma o domingo em merda de graça. E sem testículos.

Cotação: Nota 1 de 10

Anúncios

3 comentários

  1. Eres un huevon! Gracias a Dios escribes en un blog y no haces movies para el cine. Transformers 2 es chepisimo!

    Fernando Silva: gracias por la visita, pero creo que la película es basura!


  2. […] de uma sequência pra Anchorman. Tem muito filme pior por aí com sequência sendo produzida, como essa bomba aqui, que eu simplesmente odiei e recomendo que ninguém gaste dinheiro […]


  3. pessima pagina. exclui isso



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: