Archive for 28 de julho de 2009

h1

Convocacão da Seleção Brasileira

28/07/2009

Convocação da Seleção Brasileira para o amistoso contra a Estônia, dia 12 de agosto:

Goleiros: Júlio César (Inter de Milão), Gomes (Tottenham)

Laterais: Maicon (Inter de Milão), Daniel Alves (Barcelona), Marcelo (Real Madrid) e André Santos (Fenerbahce)

Volantes: Josué (Wolfsburg), Gilberto Silva (Panathinaikos), Felipe Melo (Fiorentina), Kléberson (Flamengo), Elano(Manchester City) e Ramires(Benfica)

Meias: Júlio Baptista (Roma) e Kaká (Real Madrid)

Atacantes: Diego Tardelli (Atlético-MG), Robinho (Manchester City), Luís Fabiano (Sevilla) e Nilmar (Villareal)

Considerações: a única surpresa da lista foi a presença do atacante atleticano Diego Tardelli. No mais, os mesmo de sempre, uma típica convocação Dunga.

Fiquei surpreso com a convocação do Tardelli. Acho o Kléber do Cruzeiro mais selecionável. Tardelli é bom jogador e vem numa boa fase, mas não acho que seja um jogador com condições técnicas de vestir a Amarelinha.

Pra variar, tem bomba na convocação: André Santos, o melhor lateral-esquerdo da Série B, Klébersono e o obscuro Gomes.

Parece que nem a nulidade de André Santos na final da Copa das Confederações incentivou Dunga a dar uma chance a Fábio Aurélio do Liverpool. E André Santos já foi vendido. Estranho… pelo menos o Kléber não foi e o Marcelo voltou.

Kléberson… ah, Kléberson… jogando mais ou menos, foi convocado, enquanto Ibson destruía e ficou de fora. Voltou jogando menos ainda e voltou a ser chamado. Acho que tem empresário querendo vendê-lo…

E o Gomes do Tottenham é o melhor goleiro brasileiro depois do Júlio César. É pra gente acreditar nisso?

Só dois meias também é brincadeira… claro que tem muita gente que simplesmente diz que Elano e Ramires são meias e que Dunga convocou quatro, não apenas dois. Mas aí eu pergunto: se o presidente do teu time diz “trouxemos o meia criativo que faltava na equipe: Elano” o que tu vai achar disso? Ou o técnico pede “nosso time precisa de criatividade no meio-campo, precisamos de um meia para armar jogadas” e trazem o Ramires. Problema resolvido? Nem aqui nem em Portugal…

Acho que como é apenas um amistoso fulero contra a Estônia, Dunga poderia ter arriscado mais, testado alguns nomes, custava nada…

Mas é isso aí. O Brasil deve vencer com facilidade e a audiência da Globo tá garantida.

h1

Comparação entre De Volta Para o Futuro I e II

28/07/2009

Nos anos que se passaram entre De Volta Para o Futuro e De Volta Para o Futuro II, Michael J. Fox passou a apresentar uma aparência um pouco mais envelhecida e Claudia Wells, a atriz que interpretava Jennifer, namorada de Marty, foi substituída por Elizabeth Shue. Dessa forma, a cena final do primeiro filme – e inicial do segundo – precisou ser refilmada.

Sendo assim, alguém finalmente teve a brilhante idéia de juntar as duas partes pra ver as diferenças. Dá pra analisar direitinho se ficou melhor, se ficou pior… bem, ficou igual, mas mesmo assim é legal ver as pequenas diferenças, tanto na Jennifer quanto no Marty:

E claro, a continuação da cena:

h1

Quem explica o Leão da Ilha?

28/07/2009

Era muito fácil explicar o fracasso do Avaí, lanterna do Campeonato Brasileiro.

O time subiu para a primeira divisão e não fez absolutamente nada para se preparar para o torneio: deixou que jogadores importantes fossem embora, não contratou reforços e mediu a qualidade do time através do pouco disputado Campeonato Catarinense.

O estadual não era parâmetro, os jogadores não eram bons o suficiente, a diretoria precisava ter contratado atletas experientes para orientar a equipe… soluções tão fáceis para melhorar o time, não foram procuradas pelos dirigentes catarinenses.

Então como explicar as quatro vitórias consecutivas do Avaí?

Será que existe algum planejamento não ortodoxo muito bem feito, sendo posto em prática secretamente no time da Ressacada?

O elenco é o mesmo. O técnico é o mesmo. O que aconteceu?

Silas esteve muito perto de sair do Avaí. Recebeu propostas de outras equipes ainda no primeiro semestre, quando o time ainda não havia engrenado no Estadual. Recusou todas. Mostrou caráter. Disse querer terminar o belo trabalho que havia começado. Permaneceu no cargo e venceu o Catarinense.

Silas esteve perto de perder o cargo devido a péssima campanha que o Avaí fazia no Brasileirão. Era natural que perdesse, pois assim é o futebol brasileiro.

Ao invés disso, a diretoria segurou o treinador. Não contratou nenhum dinossauro caro para ajudar o time(Cafu e Gil foram cogitados) nem fez nenhuma loucura. Por algum motivo, o time engrenou, passou a funcionar e venceu quatro partidas seguidas, deixando a lanterna bem pra trás.

Mas como diabos isso aconteceu?

O Avaí já era o time que mais finalizava no campeonato. Mas daí pra ganhar partidas fora de casa é um salto muito grande. Alguma coisa encaixou muito bem, alguém deve ter falado a coisa certa… me parece um grande mistério.

Acredito que um time de futebol seja 50% união e vontade de vencer. Aí uns 30% é talento do jogador, talento individual pra decidir uma partida e os 20% que sobram é fase, seja ruim ou seja nas vitórias cagadas, aquela bola que só entra por sorte. Talvez seja esse o segredo, talvez o time tenha se focado, entrosado e aprendido a jogar um futebol competitivo.

Natural de Florianópolis, sempre torci pelo Avaí graças as grandiosas orientações da família, toda de avaianos. Até meu avô, que jogou no juniores do Figueirense(inclusive participando da primeira partida disputada no estádio Orlando Scarpelli) era avaiano. Aí fica difícil escapar.

Claro, sou Flamengo. É o meu “primeiro time”, afinal de contas não moro em Florianópolis e é muito mais fácil acompanhar um time grande, com calendário importante o ano todo que um time que apenas agora ganha o destaque que merece. Mesmo assim ainda tenho muito carinho pelo Avaí.

A última vez que vi o Avaí jogar ao vivo foi esse ano, acho que em abril. Fui ver Metropolitano(time aqui de Blumenau) x Avaí, pelo Campeonato Catarinense. O Avaí ganhou fácil, 2 x 0 sem dificuldades, o time era muito melhor. Mas eu nunca diria que tinha nível de Série A.

Ainda assim, é algo especial ver o Avaí jogando a primeira divisão junto com o Flamengo. Eu sonhava muito com isso quando era muleque e mais fanático por futebol.

Em 97 fui ver a final do Campeonato Catarinense lá na Ressacada, com a minha família. Um momento histórico. Avaí x Joinville. Guga Kuerten, um dos maiores ídolos do esporte brasileiro e mais ilustre torcedor do Avaí, tinha acabado de vencer o torneio de Roland Garros. Antes do jogo, o irmão dele desfilou pelo gramado com a taça do Aberto da França nas mãos. A torcida foi ao delírio.

O time do Avaí ganhou fama naquela época por causa da propaganda do Guga e por causa do atacante Jacaré. Fazendo muitos gols e jogando muita bola, seria ele o melhor jogador e artilheiro daquele Catarinense. Na verdade, ele se tornou artilheiro justamente naquela final. Ao chegar no último jogo, tinha um atacante lá do Joinville que tinha dois gols a mais que ele. O Avaí ganhou de 2 x 0, dois gols do Jacaré, e ele acabou também artilheiro.

O Telê Santana comentou o jogo pra uma das rádios que transmitia o jogo. Foi um barato. Lembro no final da partida o Telê falando “o Jacaré é jogador de Seleção”. Hahahahahahahaha, fazendo aqueeeeela média… mas que ele era muito bom de bola, isso era! Foi jogar no Boavista de Portugal, a transação mais cara da história do futebol catarinense na época…

O Avaí tem dessas coisas. Talvez seja por isso que o time venceu tantas partidas de uma hora pra outra. É a mística da camisa. Tem gente que não entende, porque certos timinhos rebaixados não tem mística nenhuma…

Pra fechar, um vídeo bacana daquele ano de 97, com direito a Guga e golaço de Jacaré:

h1

Will Ferrel quer fazer sequência de “O Âncora”

28/07/2009

Como em todos os filmes de sucesso de Hollywood, a possiblidade sempre existiu.

Mas numa entrevista a revista Zoo o ator voltou a falar sobre o assunto, inclusive informando que vai se reunir com o pessoal do primeiro filme para discutir o projeto:

“Eu posso te dizer isso. Nós vamos falar com todo o pessoal semana que vem – Steve Carrell, Paul Rudd, todo mundo – pra ver se tem como fazer, porque todo mundo está em lugares diferentes hoje em dia, com agendas muito diferentes”

“Então antes de fazer qualquer coisa a gente tem que ver se todo mundo está dentro, afim de tocar o projeto e disposto a se comprometer com o filme. Mas eu acho que as chances são boas”

“Ano que vem eu estarei ocupado com um monte de coisa em que eu estou trabalhando, mas acho que dá pra começar a filmar em uns dois anos”

Ele ainda falou sobre a possibilidade de situar a história nos anos 80:

“A gente conversou sobre botar a história nos anos 80. A gente muda um pouco e tenta outra época  ou continua fazendo nos anos 70? Eu ainda não sei”

Eu acho legal a idéia de uma sequência pra Anchorman. Tem muito filme pior por aí com sequência sendo produzida, como essa bomba aqui, que eu simplesmente odiei e recomendo que ninguém gaste dinheiro assistindo.

O difícil é manter a qualidade. Anchorman foi uma das melhores comédias da década(talvez a segunda melhor, atrás apenas de Borat) e todo mundo conhece o desafio que é fazer uma parte dois tão boa quanto a parte um.

Ainda mais sendo um filme do Will Ferrel. É impressionante como ele se especializou em fazer sempre o mesmo filme, cada vez mais sem graça(admito: paguei pra ver Step Brothers).

Pra quem não conhece Anchorman, deixo o trailer logo abaixo e a dica: baixem, aluguem, roubem… é bom demais.

Anchorman Trailer:


h1

Blog do Titan ultrapassa os 10 mil acessos

28/07/2009
bitanfesta2

Parabéns, Bitan!!

Faaaaaala galera bodiiiiiiita!!!

A Bitonera tá em festa!!

Nesse final de semana, o Blog do Titan passou os 10 mil acessos.

Pode parecer um número bidículo pra se comemorar, mas não é. Significa muito.

É difícil pra burro pegar um blog do nada, que ninguém conhece, sem ser famoso, sem ter um grande portal apoiando, sem falar nenhuma novidade(a não ser a Bitonera em si) como tantos blogs de futebol e baderna fazem por aí e manter uma média ascendente de bisitas.

E tudo isso em pouco mais de dois meses. Sim, caro leitor, o blog do Bitan é um blog bebê… e, mesmo assim, trabalhamos duro pra oferecer conteúdo de qualidade e entretenimento.

Prova disso é que em dois meses e meio já fizemos 283 posts, média de quase 4 por dia, muito maior que os blogs bidículos de gente renomada que são uma merda mas fazem sucesso…

Não se esqueça: o Blog do Bitan é seu fã, leitor. Apreciamos muito suas bisitas e seus comentários. Volte sempre, diariamente… coloque o BdB nos seus favoritos. Ah, e avisa lá os seus abigos que TÁ TODO MUNDO BISITANDO!! Sério, chama a galera pra ver.

Vamos relembrar com o Bitan alguns momentos do blog:

Jogadores Bizarros de Winning Eleven

Sávio, o Anjo Louro da Gávea

Blog do Titan sai na frente e dá notícia em primeira mão

Blog do Titan acerta mais uma

Blog do Titan: Edu no Corinthians antes da concorrência

Especial Tim Maia Racional

Livro: os bastidores do Real Madrid dos Galácticos

Post que quebrou o recorde de acessos diários do Blog do Titan

Cara de Michael Jackson aparece em forma de carne

Blog do Titan pisa no tomate e dá barrigada feia

Blog do Titan arrisca nova barrigada pra sair na frente

Texto irônico irrita flamenguistas

É isso aí galera, o Blog do Titan vai continuar sempre assim: priorizando a notícia – mesmo que resulte em barrigadas – e se esforçando ao máximo para entreter, instigar e oferecer bons momentos de leitura.

Obrigado pelas bisitas!

Rumo aos 50 mil!!!!