Archive for 31 de julho de 2009

h1

Super Michael Bros.

31/07/2009

Michael Jackson parte para resgatar a Princesa Peach e mostra pro Mario “who’s bad”.

h1

Avaí, meu Avaí…

31/07/2009

Simplesmente extraordinário.

O Avaí não apenas embalou, desafiando a lógica do futebol, como ontem despachou o Vitória, que faz excelente campanha, pelo acaralhante placar de 4 x 0.

Quando eu era muleque e não pegava carro, fazia o trajeto da escola pra casa, de tarde – quando tinha aula a tarde, uma chatice – viajando, sonhando muito. Eu costumava imaginar como seria se eu fosse jogador de futebol. Eu seria um craque do nível do Pelé, talvez melhor, ou seja, um pouco pior que o Zico.

Aí eu ganhava tudo pelo Flamengo e, já com mais de 30 anos, ia jogar no Avaí.

A imprensa toda ia perguntar pra mim por que eu havia decidido ir jogar a Série B e eu dizia que era pra ajudar o Leão. Daí a gente ganhava o Catarinense, eu conhecia o Guga, voltava a morar em Floripa e depois vinha o Brasileirão.

Naquela época, ainda não era pontos corridos. Então no meu sonho o Avaí subia pra Primeira Divisão e a gente ia pra Libertadores sendo campeão da Copa do Brasil. Na final da Liberta, o jogo ia empatando, dando o resultado pro time argentino, até que eu ia lá e fazia um gol heróico, inesperado, calando meu desleal marcador e explodindo a Ressacada no grito de É Campeão!

Sendo eu o protagonista e roteirista da história, óbvio que o Avaí se tornava campeão do mundo. O que eu mais gostava era de imaginar como seria jóia ver o Avaí lá nas cabeças e, claro, eu sendo um craque todo foda que resolvia uma partida quando queria. Lógico que era sonho de avacalhação, eu já era bem velho, sabia que não jogava merda nenhuma, era por diversão mesmo.

Depois que o Avaí era campeão do mundo, a história acabava e eu meio que voltava pra realidade só imaginando como seria legal o Avaí na Primeirona disputando colocação com o Flamengo… e olha, naquela época o Flamengo só ficava em 17o, 16o… então era uma torcida dupla, pra ver os dois times na Primeira, mas indo bem.

Isso faz uns 13, 12 anos… era daquelas coisas que tu nunca acha que vai ser verdade. Muita coisa acontece, tu perde a inocência, não sonha mais a toa(confesso que ainda sonho) e a vida segue. Até que do nada acontece. Claro, não é todo impossível com um jogador/eu fazendo 30 gols e o Avaí ganhando Libertadores, mas ta aí o Flamengo fazendo bonito no Brasileirão e o Avaí simplesmente detonando.

A gente passa a vida toda esperando por momentos como esse. Às vezes eu acho que vou morrer com 85 anos e não vou ver o Mengão ser campeão do mundo. Então, quando eu posso ver o Avaí e o Flamengo bem no Brasileirão, eu saboreio! Coisa linda o Avaí vencendo cinco seguidas!

Lanço mais uma aposta: assim como eu disse que o Flamengo não vai ser campeão brasileiro, digo que o Avaí não ganha a sexta seguida. E aí, será que rola?

Se nenhum dos dois for pra Libertadores eu vou ficar muito puto.

h1

Flamengo 3 x 1 Atlético – Mengão, queridão, embaladão!!!

31/07/2009

O Flamengo salvou o orgulho do futebol carioca nesta quinta-feira.

No Maracanã, despachou de virada o ex-líder Atlético-MG.

Que orgulho do meu Mengão!

Não pude acompanhar o jogo, pois estava gravando(logo os leitores do blog poderão curtir o resultado dessa gravação) então tive que acompanhar o time pelo globoesporte.com.

“Abre ali a página do Globo Esporte, rapidinho” pedi, esperando alguma boa notícia. E o que vejo é “Atlético abre o placar aos 2 minutos” falei alto: fudeu.

Não dava pra acreditar. Parecia que mesmo com a saída do Cuca, mesmo com o time focado, mesmo com tudo fazendo crer que a noite era do Mengão, ia vir bomba. Aí, meia hora depois, volto a ver a página do Globo Esporte e está lá. A virada do Mengão.

Eu sabia que o Atlético não teria forças pra reagir. Pouco depois recebi uma mensagem dizendo “Everton” e sabia que lá vinham mais três pontos. Que maravilha, que coisa boa enterrar o líder Atlético!

Explico meu recalque: ano passado eu já tinha ido com a Urubuzada ver Figueirense x Flamengo em Floripa e planejava minha primeira ida ao Maracanã. Em um belo sábado de Oktoberfest, fui na casa da minha namorada esperar que ela se arrumasse para a festa. Enquanto isso, assistiria a Flamengo x Atlético-MG. Era um pré-esquenta perfeito: não apenas matava tempo e me preparava pra baderna vendo o Mengão, como ainda fazia uma prévia do que veria no Maraca.

Acontece que o Flamengo levou uma sacolada de 3 a 0. Fui de lombo quente pra festa. Que balde de água fria: o time tinha acabado de mostrar pro maior público do torneio, que não tinha forças pra vencer ou sequer chegar a Libertadores. Desisti de ir ao Maracanã ver Flamengo x Palmeiras por causa desse jogo.

Sim, deixei de ver meu jogador preferido – Ibson – fazer três gols e apresentar sua melhor atuação com a camisa rubro-negra por causa da derrota pro Atlético. Claro que a culpa pelo resultado foi mesmo do Flamengo, mas na hora de cobrar, tem que cobrar do Atlético! E quase que repetiu o score, pena que o Angelim esqueceu como que se joga bola e o adversário do Flamengo sempre vai pra casa com um golzinho na conta.

O próximo compromisso do Flamengo é o Náutico. No Maracanã. Foco galiera, puta que pariu, foco!! Força, garra, determinação!! Cadê o Papai Joel pra botar sangue nos olhos da rapaziada? Motiva o povo aí, Andrade, porque esse time aí tá querendo embalar. Eu sempre disse: o elenco do Flamengo é muito bom. Motivado, jogando bola, ganha esse campeonato. Vamulá porra! Quero ver a rua aqui de casa parada de tanto rubro-negro, tá na hora de ganhar essa merda.

Fiquem com os gols da partida. Até capouco…