Archive for 3 de agosto de 2009

h1

Megan Fox esnobando Seth Rogen

03/08/2009

O ator e roteirista Seth Rogen(Superbad, Ligeiramente Grávidos) esteve no talk show de Jimmy Kimmel e falou sobre um episódio envolvendo ele mesmo e a atriz Megan Fox, naquele mesmo programa, alguns anos antes.

Em 2007, Rogen já era um nome em alta graças ao sucesso de Superbad, enquanto Megan Fox ainda era praticamente desconhecida. Os dois foram os entrevistados do programa. Diferente do Programa do Jô, onde cada entrevistado fica sozinho com o apresentador, é comum na televisão americana que, após o primeiro entrevistado termine sua participação, ele continue em cena, no sofá, enquanto o segundo convidado faz sua entrevista.

Assim, como explica Rogen, é comum que, ao receber um convidado do sexo feminino, o primeiro convidado se levante e comprimente-a com um beijo. Rogen explica que, apesar de Megan Fox não ser famosa na época, ela já era linda e ele viu o cumprimento como uma bela desculpa para dar um beijo na atriz.

Ela é que parece não ter concorcado com a idéia. Depois de cumprimentar o host Jimmy Kimmel, Seth Rogen se levanta, se prepara pro beijo e ela “fisicamente” ignora o ator, passando reto e indo sentar em seu lugar, enquanto ele dá uma abanadinha positiva com a cabeça como se dissesse “ok, eu entendo”. Vácuo clássico, hilariante!

Se quiser ver direto a cena da esnobada coloca direto a partir de 4:00.

h1

Acabou 2009

03/08/2009

O Flamengo pipocou de novo.

Alguém duvidava?

Era o palco perfeito para mais um vexame rubro-negro: time embalado, Maracanã com bom público, adversário na lanterna da competição.

Acabou 2009 pro Flamengo.

O time pode vencer o Goiás e o Corinthians, embalar de novo e até voltar a enganar a torcida. Mas a verdade é que, quando tiver pela frente mais um jogo decisivo, mais uma clara oportunidade de subir na tabela, vai entregar.

O Flamengo é o Re-animator do futebol brasileiro. Os cadáveres pútrefos do Brasileirão mal conseguem esconder a felicidade ao chegar ao Maracanã, a casa adversária mais fácil de se roubar pontos.

E pra deixar a tragédia ainda melhor, o eternamente vaiado Léo Moura dirigiu impropérios para a torcida ao marcar o gol de empate, o que deixou boa parte da Magnética ainda mais irritada com o lateral.

Primeiro, posar ofendidinho com bobagem, ainda mais depois de passar dois jogos xingando o cara de tudo quanto é nome, é coisa de quem frequenta os lados lá das Laranjeiras.

Segundo, Léo Moura marcou no domingo seu segundo gol de empate salvador, tá na hora de abrir o olho, deixar a perseguição besta de lado e, se for pra vaiar, buscar quem realmente merece cobrança. Ronaldo Angelim e Kleberson “Penta”, por exemplo. É uma atuação desastrosa após a outra. Jogaram muito menos em 2009 que os das vaias perpétuas, Juan e o já citado Leonardo Moura. E o Imperador também tá precisando ser mais decisivo…

Enquanto isso, o bem estruturado São Paulo venceu mais uma. Coincidência?