Archive for 24 de agosto de 2009

h1

Blog do Titan no Cartola F.C.

24/08/2009

Aaaaaaaaaah beu deus, fiz 26 pontos!!!!!

QUE BIDÍÍÍÍÍCULO!! QUE BERGONHA!! Nem acreditei quando vi ali na página do Cartola!!

O que aconteceu de errado? Pribeiro, fui ingênuo ao escalar o ataque. Sim, botei o Obina que fez gol e foi razoável. O problema foi ter achado que o Kieza faria ponto. E escalar o Marcelinho foi um erro porque ele vinha de jogos muito bons, seria difícil manter a regularidade, ainda mais fora de casa.

Aí, o Chicão não jogou e eu não tenho assistente técnico. Apodi e Fábio foram bidículos e aquele VELHO VIADO do Santo André fez -4!! Aí não tem Bitan que aguente…

Meu time:

bitan26

O degócio é não desanimar… mas meu deus, que bidículo… pior que se tu ver bem não foi uma seleção ruim ou equivocada, foi só falta de sorte. Parece que é só eu escalar alguém pra ele jogar mal, eu hein… tá doido…

Essa semana excepcionalmente não poderei postar meu time aqui no blog, porque estarei em viagem à minha terra natal, a Bitânia, e lá ainda não chegou internet.

Bitan se despede. Até mais.




h1

Avaí, o orgulho de Santa Catarina no G-4

24/08/2009

A alegria de ver o Avaí na Série A na zona de classificação para a Libertadores é inversamente proporcional à tristeza de ver o Flamengo MAIS UMA VEZ descendo sem vergonha rumo a zona de classificação para a Segunda Divisão.

Foram 15 anos sonhando com Avaí x Flamengo pela Primeira Divisão. Nesse tempo, parecia mais plausível o confronto ocorrer na disputa pelo direito de acesso à elite na Segundona, mas em 2009 tornou-se realidade. E em momento algum desses 15 anos, eu teria acreditado que, qualquer que fosse a situação do Flamengo no campeonato, o Avaí seria capaz de aplicar um nabo tão sonoro, sólido e fácil no gigante rubro-negro. E ficar entre os quatro primeiros.

Não tenho mais nada para falar do Flamengo.

Tudo o que possa justificar a derrota de ontem, já foi falado aqui no blog. Que o Flamengo entra em campo pra servir de saco de pancadas do adversário, que o Adriano tá devendo, que é culpa da má administração, que tudo é crise, que não tem ambiente nem profissionalismo… tudo isso pesou no jogo de domingo.

Mas que fique claro: o time estava com muitos desfalques e isso acaba pesando. Não serve como desculpa para o fracasso, mas pesa. E o Andrade não tem culpa. Que treinador consegue fazer aquele bando render?

Vale mais ressaltar o Avaí. No papel, um time fraco. Fraquíssimo até. Em campo, a eficiência em forma de time de futebol. Funciona, está em boa fase, de bem com a torcida. O resultado disso aí, é vitória. O grupo acredita e corre, sua sangue e coleciona pontos.

Agora é que complica: chegou na zona de classificação pra Libertadores. Antes, o Avaí era só a surpresa, aparecia no Fantástico, citavam a boa fase e tchau. Agora, todo mundo tá de olho no Avaí. Será que o time vai se emocionar e jogar tudo fora?

Eu acho que sim. Acho que o destino do Avaí no campeonato era fugir do rebaixamento. Vão conseguir atingir esse objetivo de forma brilhante, engatando uma sequência magnífica e deixando todo mundo pra trás. Ótimo, deu certo. Mas mais que isso, não dá. Ou acham que o time vai mais longe? Que vai ser campeão?

Não vai não.

Não é?

h1

Coitada da mãe dele

24/08/2009

Mais uma vez tive a felicidade de assistir a uma partida do Botafogo. Costuma ser engraçado.

O time fraco e os péssimos resultados ajudam a esquecer os problemas futebolísticos. Bem naquela de rir dos outros ao invés de chorar com o nosso… nada nobre, mas faz lá sua parte como consolo.

O jogo de domingo, entretanto, foi diferente. Um jogaço, divertidíssimo de ver, cheio de gols. O grande problema, sempre tem um, foi a péssima atuação da arbitragem. Uma merda! Um desastre! Não dá nem pra dizer qual time foi mais prejudicado nem qual seria o placar final caso o jogo corresse sem alterações equivocadas do juizão.

O Corinthians tá de boa, já na Libertadores e tal. Então, mais uma vez, sobrou pro Botafogo. Reclamaram de impedimento não existente, fizeram gol de mão, ficaram tudo bobo e aí logo já tavam xingando o juiz por causa de um pênalti marcado – que não aconteceu. E fizeram o gol de empate numa falta muito bem batida pelo Lúcio Flávio. 3 a 3. Jogaço.

E no meio das seguidas lambanças do juiz, a patética transmissão da Globo fazia de tudo para livrar a cara do árbitro. Chegou ao limite no lance do gol de mão do André Lima, quando o narrador jurou ter visto um pênalti momentos antes do botafoguense socar a bola pras redes. Tá, então se um zagueiro faz pênalti no atacante e o juiz não enxerga então o atacante pode usar a mão pra fazer o gol? Não, porra! Um erro não justifica o outro, e se houve mesmo pênalti antes do gol de mão isso não livra o erro do árbitro, apenas serve como mais um exemplo de sua incompetência.

Aliás, não é só na Globo não. Tem quase que um movimento informal da imprensa esportiva para livrar as cagadas dos árbitros. Jogador agride outro, puxa cabelo, xinga torcida e é execrado, jornalista chama de criminoso, faz lobby contra o cara, repete os erros de tudo que é ângulo, ele vai a julgamento e desfalca o time. Juiz comete erros que mudam o curso da partida e aí é normal, foi interpretação, de onde ele tava não deu pra ver e aí de veeeeez em quando pegam uma suspensãozinha…

Foda que, a cada rodada que passa, vai ficando mais complicado de acreditar numa reação. Pior ano do futebol carioca no Brasileirão. Tristeza demais.