Archive for 14 de setembro de 2009

h1

Seleção? Adriano é MENGÃO!

14/09/2009

Pouco importa se Adriano não marcou na partida entre Brasil e Chile. A maior torcida do mundo viu o Imperador mostrar que, quando se trata de jogar bola, ele continua sendo um dos melhores atacantes do mundo.

Dois gols e exibição de gala. O Flamengo sobrou na vitória de 3 a 0 sobre o Sport.

Petkovic, no frescor de seus 37 anos, entregou mais uma performance de alto nível. Pena que o Mengão entregou muito no começo do campeonato, o sérvio podia ser Júnior do século XXI.

Mesmo se tratando de um adversário fraco, é importante ressaltar a qualidade do futebol apresentado pelo Flamengo. Maldonado e Álvaro parecem ter resolvido o sistema defensivo rubro-negro, que adora levar gols em todos os jogos pra aparecer no Fantástico. Tudo lindo demais, bonito demais, perfeito demais. Tem futuro?

O Flamengo pega pela frente o Coritiba. Não é um time que o Seu Madruga diria “noooooossa, mas que tiiiiime…” mas gosta de complicar. Cheio de desfalques, meteu 5 a 0 no Flamengo no primeiro turno. Naquela época, o Flamengo era a mãezona do Brasileirão. Pra variar, passou por aquele e outros vexames. Será que finalmente, pelamordedeus, o time embala? Porque é sempre assim: ganha uma boa, bem, com bom futebol e entrega a partida seguinte.

Arriso a dizer que sim. Sou pé frio daqueles que fazem até mágica, mas não quero nem saber. O Flamengo vai ganhar bem do Coritiba e, após a partida contra o time paranaense, engrena.

Com mais um show de Pet e Adriano.

h1

Iiiiiiiiiiiiih o Botafogo vai caiiiiir, o Fluminense ja tá lááááá…

14/09/2009

Morreram abraçados.

O Botafogo, o segundo time de todo o carioca que torce para Flamengo, Vasco, Fluminense e América, perdeu uma ótima chance de se afastar da Zona de Degola ao empatar em zero a zero com o lanterna do campeonato.

O Fluminense, time preferido de todo o carioca do terceiro sexo, confirmou sua queda(mais uma) para a Segunda Divisão.

Se cair nunca é bom para time nenhum, pro Botafogo seria pior que para o Fluminense.

O Fluminense tem a Unimed pra pagar a conta do vexame. Caso caia, consegue atrair um bom número de jogadores em condições técnicas para sobrar no fraco torneio de acesso. Já o Botafogo, fica na mesma.

Virou rotina reclamar da péssima situação dos cariocas. Agora é tarde pra chorar. Não faltou aviso. Nenhum dos dois, Botafogo e Fluminense, é estranho ao rebaixamento para a Segundona. Que tomassem as devidas precauções para que não voltasse a ocorrer. Mas não. Insistiram no erro, cada um com o seu, repetindo a cagada pelas últimas temporadas: o tricolor montando um time novo a cada seis meses, com o dinheiro da Unimed bancando as mudanças e rachando o elenco. O Botafogo usando o fraco Campeonato Carioca como parâmetro para medir a qualidade da equipe.

Ainda dá tempo, Fogão! Não acredito que a perebada da Estrela Solitária subitamente vai incorporar o Garrincha e salve o time na base do bom futebol, mas a matemática é amplamente favorável. E, como eu aprendi na escola, através de muitas provas zeradas e de um ano repetido, não dá pra contrariar a matemática.

Já o Fluminense, como diz a musiquinha da torcida do Flamengo, já tá lá. Não existe absolutamente nada que possa salvar o tricolor da Segundona. Seria mais digno e correto já começarem o planejamento para a Série B. Nem a matemática acredita mais no Fluminense.

Se eu acho bom? Não vou ser hipócrita de dizer que acho ruim pro futebol ou, indo mais fundo, para o futebol carioca. Sei muito bem que o sonho maior do arco-íris é ver o Mengão na penumbra, rebaixado e humilhado. E, frente a essa situação, qualquer esboço de simpatia esfacela-se ao natural. Vou rir muito e zuar meus amigos tricolores e botafoguenses.

Entretanto, não torço para que isso aconteça. Sim, vou rir, mas não vou ficar me estressando com o insucesso de outrém. Sou muito pé-frio, se eu torcer é capaz dos dois ficarem pela Série A.