Archive for 28 de setembro de 2009

h1

Oktoberfest 2009

28/09/2009

Clique aqui para acessar o blog oficial da Oktoberfest

Começa na próxima quinta-feira(01/10) a 26a Oktoberfest, a festa mais alemã de Blumenau, do Brasil e do mundo.

Apesar de ser participante e grande apreciador dessa festa, decidi não ficar pagando muito pau aqui no blog.

Informações e TUDO o que tu precisa saber sobre a Oktober, tu encontra no Blog Oficial da Oktoberfest 2009. Da minha parte, decidi que vai ser mais legal se eu postar fotos e vídeos da minha própria baderna, que é diferente daquela mostrada na televisão: é real, the real deal.

Vou deixar aqui só o VT da festa e o jingle, pra quem quiser já ir se animando.

A partider de quinta, já começo a botar material aqui no blog.

VT comercial da 26a Oktoberfest

Jingle da Oktoberfest 2009

h1

Banho na gauchada

28/09/2009

Foi uma verdadeira lástima a “partida” que colorados e flamenguistas tiveram que assistir ontem a tarde na televisão.

Sob nenhuma circunstância um jogo de futebol deveria acontecer num gramado tão tomado pela água. O campo estava encharcado. Sabe quando tu tem uma turma que joga futebol em gramado sintético e aí chove muito um dia, fica cheio de poças em que a bola não corre e o jogo da patota é cancelado? Pois é, no Beira-Rio estava pior ainda.

E mesmo assim ainda teve jogo.

Foi triste ver Adriano e Petkovic, em grande fase, lutando contra as leis da física para tentar arrancar alguma jogada que lembrasse, mesmo que de forma tímida, um lance de futebol.

O juiz não quis encerrar a partida, uma verdadeira piada, apenas explicada pela necessidade da televisão em transmitir o “jogo”.

O que mais deu raiva foi a equipe da Rede Globo fazendo pouco caso do ocorrido, transmitindo a “partida” como se fosse uma ocasião normal e, justificando aquela pelada sem condições ao espectador, lembrou que o Falcão já havia jogado em situações muito piores, que jogos europeus já aconteceram na neve.

Pouco importa que o jogo foi só chute na água, bola parando em pequenas piscinas e nenhum futebol. O que vale é amenizar tudo, anestesiar o bom senso e justificar o injustificável.

Definitivamente não havia condições de jogo.

Se, de fato, Falcão já jogou partidas em pior estado, foi um erro que deveria ter ficado esquecido no passado e ser corrigido no futuro. Nunca deveria ser usado como exemplo para passar a perna no espectador.

Se em alguma partida de que o Falcão participou um jogador deu uma voadera de dois pés no joelho do adversário e recebeu apenas amarelo, quer dizer que justifica, por exemplo, o André Dias repetir o golpe no Ronaldo?

Essa postura irritante da Globo de colocar panos quentes em tudo dá raiva demais. Em todo o lance mais duvidoso é um carnaval de desculpas esfarrapadas e teoria furada pra livrar a cara do juiz.

Na partida de ontem, após um pênalti claro de Fabiano Eller – em que o zagueiro colorado se apoiou no Imperador para cabecear uma bola, derrubando-o – o grande Marsiglia explicou que Adriano é malandro e, quando o beque se apoiou em seus ombros ele “projetou seu corpo pra dentro do corpo do adversário” seja lá o que isso signifique.

Ou seja, o árbitro não errou, o árbitro nunca erra. A infração é que é mal interpretada por todos aqueles que assistem e praticam futebol durante a vida inteira e sabem o que é uma falta.

E o jogo acabou assim: zero a zero, com os jogadores afundados na água e o torcedor se afogando em idiotice.

E nem as bobagens passadas justificam as merdas que tivemos que ouvir apenas porque decidimos assistir a uma partida de futebol na Rede Globo.