h1

Selecionado perde invencibilidade em jogo chato pra burro

13/10/2009

Brasil já classificado, time e treinador não ligando muito pra partida.

De interessante, Adriano, Nilmar, Diego Souza e Diego Tardelli querendo mostrar serviço e garantir uma vaguinha no grupo que vai à África do Sul.

E mesmo assim o jogo foi uma porcaria. Chato, chato…

O Imperador, de quem tanto se esperava, pouco conseguiu fazer. Aí, pra piorar e deixar a gente com mais raiva ainda do Dunga, ele se pisa e sai de campo pra ser atendido. Volta mancando, não volta pro segundo tempo e volta à memória o caso do Kléberson, que foi dar uma volta com a Seleção e voltou pro Flamengo todo quebrado.

Adriano cortou o pé e levou quatro pontos.

Sempre a mesma história: não basta o Selecionado estar em baixa e insistir em desfalcar o Flamengo no Brasileirão. Tem sempre que tirar um jogador rubro-negro e devolver quebrado. Os adversários têm sorte demais…

E aí pouco se viu futebol do Brasil. Levou 2 a 0 ainda no primeiro tempo e no segundo conseguiu apenas marcar uma vez, com Nilmar. De resto, pressão boliviana e pouco de relevante.

Só que porra, peloamordedeusenossasenhoraaparecida, tá na hora já de proibir jogos na altitude. Sempre a mesma merda! Aí vai pra lá, joga mal, perde e a gente tem que aguentar o tempo TODO o Galvão dando desculpa pro Selecionado estar perdendo e relatando, no seu melhor estilo cientista, os efeitos que a altitude tem no corpo humano.

E isso não é culpa da CBF, mas de todos os clubes brasileiros.

Quando o Flamengo protestou pesado contra partidas disputadas na altitude, todo mundo encheu o saco. Todos os adversários, o arco-íris, todo mundo criticou e chamou o time de covarde, de bichinha, disso e daquilo, ao invés de apoiar em massa o time rubro-negro e, junto à CBF, simplesmente proibir seus atletas de participarem de jogos nos morros bolivianos e em outros mucambos sulamericanos. Isso teria dado um jeito neles.

Mas risco de morte é só quando joga a Seleção, não é?

E lembrem bem desse post, porque ano que vem tem Libertadores e vai ser a MEEEESMA história.

Agora tem mais uma partida que não vale nada na quarta-feira e aí deu de Selecionado por um tempo. Até o jogo contra a Inglaterra, a televisão e a própria CBF deveriam se organizar para deixar o evento mais atrativo. Como? Boa pergunta.

Eu voto na volta do Galvão preto. Nunca ri tanto numa transmissão. E ficou faltando o ponto final, ele só apareceu preto e desbraqueou tudo de novo.

Vai ver foram os efeitos da altitude…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: