Archive for 10 de novembro de 2009

h1

Blog do Titan no Cartola F.C.

10/11/2009

Faaaaaala galera bodiiita!!

Bitan na área.

Infelizmente, mais uma vez tenho q me contentar com a BIDICULOSIDADE dos jogadores que escolhi para formar binha equipe.

Comecei bem com o Jefferson, do Botafogo e o Márcio Careca, do Barueri. Mas depois…

Confira binha escalação:

bitiniu

Últimamente só anda fazendo 50 pontos, tá foda, tá foda.

Bas que que eu posso fazer? Analisando bem, minhas escolhas dão foram tão ruins, o probleba é que tu bota uns BIDÍCULO no time e eles não correspondem. Deveria ter escalado todo o time do Flamengo que saía ganhando.

Abanhã tem bais… me aguardem. Rumo aos 100 pontos!!

Bitaaaaaaan, OUT!!!

h1

Os dois erros de Belluzzo

10/11/2009

Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo, o Presidente do Palmeiras, é conhecido por ser uma pessoa de honra imaculada, honesto e de boa índole.

O árbitro Carlos Eugênio Simon fez fama no futebol brasileiro – e mundial – com presepadas excessivas para a profissão, prejudicando diversas equipes diferentes em partidas em que apitou.

Nenhum dos dois argumentos acima, entretanto, serve como justificativa de defesa da pessoa de Belluzzo no episódio em que achincalhou publicamente, com ofensas pesadas e descompostura, a pessoa do juiz Simon.

Quando Juca Kfouri – um dos jornalistas mais sérios e que eu, particularmente, mais admiro – usa o passado “honesto” de Belluzzo para defender suas recentes despirocadas públicas, está apenas tomando partido de uma parcialidade cega em favor de uma pessoa por quem tem admiração. E pior, praticando o mau jornalismo.

Muitos já foram prejudicados e muitos já dispararam desaforos a árbitros e a outros personagens do futebol. A diferença é que em nenhuma das ocasiões o autor dos impropérios teve tanta gente de qualidade tentando justificar o injustificável.

As ofensas de Belluzzo não são diferentes das bravatas suadas de Eurico Miranda. Erros de conduta devem ser julgados muito além do fato de simpatizarmos ou não com aqueles que cometem o erro.

O Palmeiras foi prejudicado. Belluzzo tem todo o direito de ficar nervoso. Mas nunca, nunca de assumir a postura de um torcedor qualquer da Mancha Verde que não representa o clube nos níveis profissionais de que ele faz parte.

E aí chegamos ao segundo erro de Luiz Gonzaga de Mello Belluzo.

Exatamente por ser o grande mandatário alviverde, e não mero espectador da Turma do Amendoim, Belluzzo não pode vomitar asneiras sobre pessoas e agremiações apenas porque está nervosinho. Falou, vai ter que provar.

Mais grave, o segundo erro veio em forma de “denúncia”, quando o presidente palmeirense insinuou que o STJD teria admitido favorecimento a um clube “rubro-negro” – o Flamengo.

Na sua versão, durante o julgamento do atacante Vagner Love, o auditor do STJD Rodrigo Fux teria afirmado ao atleta que “se as suas trancinhas azuis fossem rubro-negras, ganharia apenas uma partida de suspensão, e não duas”.

Belluzzo mentiu.

Primeiro porque nem esteve presente no julgamento, sendo incapaz de testemunhar a tal frase do auditor ou qualquer outro acontecimento que ocorresse no tribunal.

Segundo porque um vídeo desmente a palavra do presidente do Palmeiras.

Na gravação – em que não é possível ver o auditor Rodrigo Fux – ouve-se a seguinte frase em direção ao atleta Vagner Love: “Particularmente, preferia que o senhor não estivesse com o cabelo verde e sim com vermelho e preto, mas perdemos esta disputa”. Love responde, entre risos, que isso era “culpa do presidente do Flamengo”.

Uma piadinha inapropriada para a ocasião. Mas nunca uma confissão de favorecimento ao Flamengo ou de prejuízo ao Palmeiras.

Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo, o homem de honra imaculada, honesto e de boa índole ofendeu de forma grotesca um profissional e fez acusações que agora terá que provar.

Que os seus simpatizantes ainda o admirem, embora tenha mostrado facetas típicas dos cartolas podres do futebol, é compreensível, mas nunca justificável.

Foram dois erros graves.

Que sigam-se das merecidas punições.

h1

As 10 melhores imagens da semana

10/11/2009

h1

Café com Leite Podcast – 15a Edição

10/11/2009

Neste programa:

– Job! 15ª edição!

– Doação de sangue

– Expulsão da freira da Uniban

– Concurso Musa do verão P&P FURB 2010

– Esporte com Léo Batista

– Toca do vinil com Elis Regina e Tom Jobim

– Vencedores da pizza e do ingresso para a festa Própaganda

– e, claro, muuuuuito mais…