h1

Chega de babaquice – Parte 2

03/12/2009

A babaquice continua.

No atual mar de besteiras em torno da decisão do Brasileirão 2009, entretanto, os cartolas estão conseguindo se sobressair, deixando pra trás o costumaz mar de baboseiras do jornalismo esportivo nacional.

Hoje, foi a vez de Fernando Carvalho, o presidente do Internacional – clube respeitado por todos os torcedores do país e que ve tendo um 2009 decepcionante – tornar público seu desespero através de asneiras

Segundo o cartola:

“Se isso de fato vier a ocorrer(o título do Flamengo), esqueça tudo o que se falou até hoje sobre modernização de estrutura, planejamento e profissionalismo como condições fundamentais para a obtenção de metas”

Traduzindo: para o chefe do Colorado, se o Flamengo, um clube de péssima estrutra e profissionalismo, vencer o Brasileirão, o futebol do país, como um todo, dará um passo para trás.

Ou, traduzindo as entrelinhas: “buááá, posei de bonzão e não ganhei merda nenhuma… eu quero! Eu quero! Eu quero!”

Sr. Fernando Carvalho,

futebol se ganha dentro de campo.

Sim, o planejamento do Internacional é louvável. Traça metas, contrata bons jogadores, faz musiquinha para volantes feiosos e lança bonequinhos de argentinos. Mas pra ganhar campeonato, tem que vencer os adversários. Tem que fazer gol. Adriano não tem bonequinho nem musiquinha, mas dentro de campo, fez três gols no Inter dentro do Maracanã. E assim o Flamengo é líder.

Se o Internacional depende de um improvável esforço do rival Grêmio para ser campeão, a culpa é toda sua. E de seu planejamento. Sim, o Flamengo vem vivendo mais de conquistar o Campeonato Carioca, mas nunca – nem clube, nem elenco, nem torcida – considera o torneio uma forma de medir a força da equipe.

O Internacional, ao contrário, venceu o “Gauchão” e achou que tinha o melhor time do mundo. Como se um adversário que leva 8 a 0 numa final de campeonato fosse parâmetro. E assim, nesse devaneio, o time levou uma sacolada do Corinthians na final da Copa do Brasil.

E isso é exatamente uma falha no planejamento.

Admito que o Flamengo é esculhambado e tudo mais. Mas faz três anos que vem mantendo a mesma base e procurando apenas reforçar os setores mais carentes. Léo Moura e Ronaldo Angelim estão desde 2005 no clube. Bruno e Juan, 2006. Nesse período, o Flamengo passou de quase rebaixado a 3o lugar em 2007, a 5o lugar disputando o título em 2008 a perto do título em 2009. Isso é reflexo do planejamento da diretoria.

Vamos inclusive olhar 2009 mais de perto: o Inter vendeu Magrão, Álvaro(para o Flamengo) e Nilmar, o principal jogador. Além do zagueiro ex-colorado, o Flamengo trouxe Pet, Adriano e Maldonado. Cada uma dessas contratações resolveu problemas de diferentes setores da equipe  e o time encaixou. Quem planejou melhor?

Sugiro ao presidente colorado que visite o site www.flamengo.com.br e veja com seus próprios olhos que o Flamengo já vendeu, desde julho, 932 mil(!!) produtos desde a chegada da OLK ao clube. A meta é atingir 1 milhão de produtos. E eu particularmente acredito que possa chegar a 1,5 milhões com a conquista do título.

A possível vitória do Flamengo não é um atraso no profissionalismo do futebol, mas sim um avanço inédito no marketing esportivo do país.

Já adianto também ao Sr. que estará minando todo o bom trabalho das categorias de base coloradas se de fato contratar WVanderleIY Luxemburgo para comandar o Internacional no ano que vem.

Primeiro lugar, se o Internacional realmente estiver cogitando pagar 500 mil reais pro Luxa, já foi o tal planejamento pro ralo. Técnico nenhum vale isso. Pergunta pro Andrade.

Segundo que se o Sr. não sabe enxergar o perigo que é ter Luxa com a mão na massa dentro de um clube, então que peça licença e vá fazer um cursinho de reciclagem.

O futebol brasileiro não está a perigo caso o Flamengo vença. Aliás, o Flamengo representa melhor que ninguém o que é o futebol brasileiro: vencedor no campo, mesmo com problemas fora dele. E com muita vontade de mudar esse cenário.

Quanto a planejamento, quem tanto fala dele, o Sr. Carvalho, deveria analisar o ano de seu clube e pensar, pensar e pensar muito.

O Internacional fracassou.

O planejamento do Flamengo deu muito mais que certo.

Anúncios

One comment

  1. O Fernando Carvalho não percebe a besteira que falou. Se o Flamengo evoluiu nos últimos três anos e está disputando o título agora é justamente porque começou a se organizar. Sim, falta muito, mas falar como se o clube estivesse parado no tempo é burrice.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: