h1

Flamengo HEXACAMPEÃO!!!

09/12/2009

*Esse post é dedicado a Gilberto Cipullo, o falastrão que se preocupou tanto com o time dos outros que viu sua própria equipe ficar fora do grupo da Libertadores, Fernando Carvalho, o “doutor” em estrutura que não sabe que o Flamengo tem a mesma base desde 2005/2006 e Juca Kfouri, o brilhante jornalista infelizmente corintiano recalcado, que após uma semana perdendo tempo com textos sobre “moral” no futebol teve que engolir o Flamengo sendo campeão em cima de um Grêmio motivado e difícil de ser derrotado.

O Brasil se divide em 80% de alegria rubro-negra e 20% de recalque das outras torcidas: o Flamengo é hexacampeão do Campeonato Brasileiro!

O título está nas mãos de quem merece: o Flamengo jogou o melhor futebol do campeonato.

O ano, aliás, foi muito bom para o Rubro-Negro.

Começou com o Tricampeonato Carioca em cima do Botafogo, repetindo o que já havia acontecido com o Vasco. Com esse título, o Flamengo se tornou o maior vencedor de estaduais do Rio de Janeiro.

Na Copa do Brasil, o Flamengo foi eliminado pelo Internacional no Beira-Rio, no finalzinho do jogo, mostrando que além do Inter não ser a maravilha que todo mundo dizia que era, o time carioca daria muito trabalho no Brasileirão.

Tivesse conquistado também a Copa do Brasil, venceria a tal Tríplice Coroa. Mas não acredito que isso seria possível. Se fosse campeão da Copa do Brasil aposto que o time faria o mesmo que o Corinthians, que ficou plenamente satisfeito com a vaga na Libertadores e não deu bola pro Brasileirão.

Ganhar o hexa foi muito melhor.

Serviu principalmente para calar a boca de muita gente, principalmente os bairristas da imprensa paulista, que tiveram que engolir o Mengão a seco.

A velha babaquice de sempre tratar o SPFC tricampeão e o Palmeiras de Belluzzo como verdades intocáveis, entretanto, ainda continua.

Hernanes foi eleito um dos melhores volantes do Campeonato na eleição da CBF, embora não tenha jogado como volante nem tenha sido o melhor.

O Craque do Campeonato foi Diego Souza. Uma verdadeira piada de mau gosto com o torcedor que acompanhou os jogos de seu time e viu Adriano demolir os adversários do Flamengo. Até Petkovic seria uma escolha mais razoável.

Mesmo quando atuaram sem brilhantismo, a dupla do Flamengo foi decisiva. Quanto a Diego Souza, além de amarelar sucessivamente, não decidiu absolutamente nada, já que o Palmeiras nem pra Libertadores foi. Uma vergonha justificada apenas pela pobre mania brasileira de não saber reconhecer o mérito do adversário ou do surpreendente.

O mais curioso foi ver o desorganizado e desestruturado Flamengo ensinando ao Brasil o alcance do marketing esportivo e o verdadeiro poder da marca Flamengo.

O SPFC tentou por muitos anos se tornar uma marca forte, lançando grife própria, cafés e diversos produtos sem relação nenhuma com futebol. O Internacional lançou músicas e bonecos de jogadores argentinos. Bastou ao Flamengo arranjar um parceiro sério, competente e fazer o feijão com arroz.

Em cinco meses de parceria com a OLK, o Flamengo já vendeu mais de 1,1 milhão de camisas. Sim, você leu certo. Mais de um milhão e cem mil camisas vendidas.

O Corinthians, de quem tanto se falou de “marketing” com a chegada de Ronaldo, ficou muito, muito atrás. Para que se tenha uma idéia, os números de venda de camisa do Timão nunca foram divulgados oficialmente. Uma clara manobra para esconder o fracasso que dará ao clube lucro ZERO, pois sem atingir uma determinada meta, o clube não ganha dinheiro dos royalties.

É isso o que dá um departamento inteiro achar que marketing é só vender camisa…

À torcida do Flamengo só resta que a nova presidente(a) tenha competência para não pensar dessa forma e enxergar as possibilidades que uma marca tão poderosa abre para a atuação dentro de campo.

Time na Libertadores, salários (quase) em dia, produtos vendendo e muitos compromissos financeiros quitados. Tem que continuar desse jeito. Se for pra começar o ano no velho esquema Kléber Leite de contratar pereba a peso de ouro, ganhar comissão e não pagar salário, já era.

O jogo contra o Grêmio gerou mais de 2 milhões de reais de renda. Quanto desse valor foi para o Flamengo?

Vamos fiscalizar!

É meu dever. Por estar extremamente feliz com a atual geração do Flamengo, tenho minha parcela de responsabilidade, preciso cuidar do clube também. Todo torcedor deveria pensar assim.

Fora tudo isso, sobra apenas a enorme satisfação de ver a geração de Léo Moura, Juan, Bruno, Angelim e Toró ganhando mais um título.

Léo Moura até 2006 nunca tinha ganho um título na carreira. Hoje, é Tricampeão Carioca, Campeão da Copa do Brasil e Campeão Brasileiro. Merece.

Quando Petkovic veio, era apenas um bom negócio. Diminuia consideravelmente uma dívida pesada e trazia o ídolo sérvio pra dentro do clube. Arrebentar não estava nos planos, mas ele arrebentou. A técnica de sempre, a precisão a… magia. Já fazia parte da história do Flamengo, agora se torna um capítulo a parte, muito especial.

Nunca gostei de jogador putanheiro.

Quando Adriano veio, achei que seria o caso. Felizmente me enganei.

Marcou dois gols a mais do que previ em sua chegada e foi artilheiro do campeonato. Brilhou. Jogou muito. É, sem dúvida, o melhor atacante do país. Jogador mais importante da equipe. Precisa ficar!!

Chegando até aqui então, sobram apenas os babacas de sempre, aqueles que não entendem futebol, que não sabem enxergar além de seu próprio umbigo e seu próprio time. Não foi seu time que perdeu o campeonato, foi o Flamengo que ganhou.

Recalcados que pensam que o Flamengo não é hexa, por favor, não visitem mais meu blog. Amadureçam, percam o recalque, a raiva e estudem a história do futebol.

Se seu time também jogou a Copa União, lamento, mas você concorda com o hexa. Pode espernear, mas se não fosse pra valer, time nenhum teria jogado aquele torneio. Se não concorda, sugiro que mude pra algum time pequeno cujos torcedores possam perder tempo em discussões imbecis sobre a assinatura da CBF.

Qualquer coisa a mais que eu disser é apenas especulação. Não tenho mais nada a dizer sobre o HEXA. Mas poderia escrever pra sempre. Vamos apenas cantar:

Anúncios

One comment

  1. “O Fluminense está rebaixado para a Segunda Divisão do futebol brasileiro.”

    Chupa e engula – o flu.

    Fernando Silva: o Flamengo é HEXACAMPEÃO do Campeonato Brasileiro. Chupa e engula. Apenas rio da pequenice dos rivais do Fla.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: