h1

Flamengo 3 x 2 Duque de Caxias

18/01/2010

Infelizmente não consegui assistir a partida de estréia do Flamengo no Campeonato Carioca.

Uma pena, já que gostaria de ter visto Vinícius Pacheco, Erick Flores e Mezenga em ação. Como torcedor, a curiosidade é bastante grande, ainda mais porque os veículos de comunicação não costumam apresentar análises individuais dos jogadores.

Mesmo que se procure informações na internet, não servem de parâmetro. A grande maioria dos torcedores que assistiu ao jogo não conseguem passar informações com a precisão pretendida ou apenas sentem ilógica raiva desses pratas-da-casa que não brilham em times do exterior.

Assim, o que pode ser levantado de positivo são os recursos do time do Flamengo, que mesmo sem Petkovic, Adriano, Vagner Love, Juan e Léo Moura conseguiu vencer a partida com gols de Fierro, Kleberson e Fernando, o estreante irmão de Carlos Alberto do Vasco.

O chileno, ao que parece, jogou muito bem. Na verdade, nunca foi um jogador ruim – embora também não se justifique o alto investimento feito nele pela administração Kléber Leite(a não ser, claro, uma polpuda comissão para o cartola). Fierro é uma opção interessante atuando como ala pela direita, fazendo o “overlapping” com Léo Moura e cruzando para a área, como no jogo do Brasileirão do ano passado contra o Atlético-MG.

Kleberson volta ao time e a gente até já vinha se esquecendo que estava jogando legalzinho quando sofreu a grave lesão defendendo o Selecionado da CBF.

Apesar de nunca ter jogado um futebol de encher os olhos pelo Flanengo, exceto por talvez meia dúzia de partidas, Kleberson é um componente importante do plantel rubro-negro. Às vezes consegue fazer o feijão com arroz sem sumir, ou aparecer num lance de ataque mais urgente.

Infelizmente, o time apresentou também uma série de falhas que precisam ser corrigidas antes da estréia na Libertadores.

Esse time não pode depender única e exclusivamente do talento de uma meia de 37 anos. Todo mundo sabe que Pet é craque e resolve, mas quando acontecer uma lesão, suspensão ou mesmo um dia ruim, acaba-se a criatividade do meio campo do Flamengo.

O ataque Obina e Erick Flores não parece ter agradado nem um pouco o treinador Andrade e muito menos o torcedor. Tudo bem que a dupla titular é o esperado Imperador + Love, mas não seria ruim uma opção confiável no banco de reservas.

Ainda está bem longe do Flamengo ideal, mas o que importa é que o time venceu, conquistou tranquilidade até o jogo de quarta e já começa a se preparar para o importante ano de 2010.

Acertado ou não, é sempre muito bom ter o Mengão de volta, junto com a temporada 2010 do futebol brasileiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: