h1

Flamengo x Botafogo

17/02/2010

Começa hoje a temporada 2010 de futebol do Flamengo.

Até então havia sido apenas uma coleção de jogos-treino, uma extensão da pré-temporada em que baixas performances eram justificadas pela falta de ritmo de jogo e entrar em forma o principal objetivo.

Nesse período, foi bonito ver o Império do Amor nascer e encantar, mas mesmo a virada histórica sobre o time do Pedro Bial foi apenas um passatempo antes dos compromissos de verdadeira importância que permeiam o ano letivo do Mengão.

Começa hoje.

Às 21h50 o Flamengo enfrenta o Botafogo pelas semifinais da Taça Guanabara.

Entre-se ou não na estúpida discussão de quão importante é um título de turno, trata-se de um jogo decisivo. E é clássico. E clássico decisivo sempre é jogão e sempre vai ter um peso gigantesco para ambas as torcidas e diretorias.

Sobre o jogo, não existe a menor discussão: contra o Botafogo, o Flamengo sempre é favorito.

Eles, como sempre, vão chegar cheios de Alessandros, Lúcio Flávios e Leandro Guerreiros, marcados eternamente por protagonizar o tri-vice do Carioca nos últimos três campeonatos. Mas com um pequeno adendo: a surra de 6 a 0 sofrida contra o Vasco da Gama.

O Flamengo entrará com Petkovic reintegrado, com o Império do Amor em plena forma, com o título brasileiro ainda elevando a moral do pessoal do vermelho e do preto. Mas não tem essas parte de jogo ganho.

Os jogadores do Flamengo foram liberados para curtir o carnaval. Petkovic foi possivelmente a personalidade mais filmada durante os dias de festa. Vagner Love também bateu ponto. Adriano sumiu e só reaparece hoje.

Essa putaria dos últimos dias pode pesar dentro de campo. Quer pular carnaval, beleza, vai embora. Mas dentro de campo tem que suar sangue.

Perder a partida de hoje com uma má atuação, com um futebol com cara de ressaca não significa crise, mas sim revolução. Pode ser o fim das regalias da Gávea. O Flamengo é superior ao Botafogo e precisa vencer essa partida para encarar o Vasco, testar mais a força da equipe e se preparar para a Libertadores.

Vem o segundo turno, põe os reservas, disputa as finais, ganha o tetra e vai azeitado pra Liberta. Tem que ser assim. Isso se chama planejamento. E tem que ser seguido a risca, tem que facilitar.

Falar mais sobre isso seria cornetagem. Melhor esperar pelo primeiro jogo do Flamengo que vai dar pra assistir(maldito PPV), torcer e aí sim medir o quanto o carnaval carioca tem peso no poder de decisão dos artilheiros rubro-negros.

Ah, hoje o Imperador completa 28 anos. Parabéns, esse Mininu!

Nessa segunda passagem pelo clube, em pouco mais de seis meses, Adriano marcou 24 gols em 34 partidas e conquistou o Campeonato Brasileiro. Valeu, Imperador!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: