Archive for abril \30\+00:00 2010

h1

Cartola F.C. 2010 – Liga do Blog do Titan

30/04/2010

Faaaala galera bodiiita!!

Aqui é o Titan, dando um tempinho nas férias pra avisar todo mundo que o Cartola F.C. já abriu e está funcionando de vento em popa!

www.cartolafc.com.br

Entre, cadastre seu time e venha participar da minha Liga:

Nome da Liga: Blog do Titan

Presidente da Liga: Blog do Titan F.C.

Participe!!!


h1

*** AVISO IMPORTANTE ***

29/04/2010

ATENÇÃO: O BLOG DO TITAN ENTRARÁ EM PERÍODO DE FÉRIAS, QUE VAI DE 30/04/10 ATÉ 12/05/10(mais ou menos).

Dessa forma, retomaremos nossas atividades de bitonera apenas na quarta-feira da outra semana. Não na próxima, na ooooutra…

Todos os autores do blog embarcarão numa viagem muito jóia e não poderão atualizar o conteúdo deste espaço. Não vou dar detalhes sobre a viagem, para beus fãs be darem sossego, mas deixo como dica que vocês pensem num time de futebol com uma cor na camisa e a banda que mais aparece no blog.

Infelizmente também não poderemos acompanhar o jogo de volta entre Flamengo e Corinthians. 😦

Tchau, obrigado pela audiência e até a volta.

Bitan.

h1

Boi gordo rubro-negro leva a melhor sobre chinês quarentão obeso

29/04/2010

Adriano tratou de botar os pingos nos is e o Flamengo derrotou o Corinthians ontem no Maracanã, com gol do Imperador.

Rolou muita expectativa, provocação, exposição na mídia…

…mas futebol mesmo, só no segundo tempo.

Isso porque no primeiro caiu um temporal que pôs a prova o sistema de drenagem do Maracanã. E o placar foi de uns 3 a 0 pra chuva, porque o campo era só poça d’água, bola parando e nada de futebol.

Ainda assim, Michael conseguiu ser burro o suficiente pra ser expulso com 35 minutos de jogo, depois de ter cometido duas faltas e receber um cartão amarelo pra cada.

Quando a chuva aliviou, entretanto, o gramado secou. E o jogo começou pra valer.

E a torcida que lotou o estádio finalmente conseguiu ver o que os gordos dos dois times tinham a oferecer.

Ronaldo parecia um chinês de 40 anos. Cara inchada, bochechas generosas e olhos pequenos, bem fechados contornados por um bigodinho sem-vergonha.

A atuação do Fenômeno foi uma piada. Péssima. De matar o torcedor de raiva.

Sem ritmo, completamente deslocado da velocidade da partida, Ronaldo foi presa fácil para David e Rômulo, que anularam as investidas do buda corintiano sem nem ao menos fazer uma faltinha sobre ele.

Até bola na canela ele matou.

E durou muito pouco tempo o papo de que Adriano estaria mais gordo que ele. Graças a chuva, o uniforme de Ronaldo colou no corpo e até o mais distante torcedor que compareceu ao Maracanã conseguiu ver a caixa que o Fenômeno possui acoplada logo abaixo de seu peitoral.

Já o boi gordo rubro-negro, apesar de mais magro e em melhor forma, não chegou exatamente a brilhar.

Mostrou muita vontade – o mínimo que deve-se esperar de um jogador considerado nome certo na Copa do Mundo – correu bastante e incomodou, mas não conseguiu desenvolver o melhor de seu futebol.

Marcou o gol da vitória, de pênalti, e ainda perdeu um gol feito de cabeça. Gol, ressalte-se, que o buda do outro lado não perderia.

Adriano segue vivendo em seu mundinho particular de fantasia.

Ao fazer o gol, não comemorou, como se estivesse magoado com a torcida. Na cabeça do atacante, qualquer um que discorde de suas farras e falta de profissionalismo, é uma pessoa ruim. Enquanto isso ele segue lá, sendo o coitadinho, a vítima, o supercraque perseguido.

Falta de auto-crítica é uma lástima.

Como se o jogador que em cinco meses não consegue entrar em forma, não joga nada nem contra os pequenos do Rio e só faz gol de pênalti pudesse cobrar apoio da torcida. Maldita geração de craques mimados.

Enfim, o Flamengo venceu. Mas 1 a 0 foi pouco.

Semana passada já profetizei a eliminação do Flamengo e continuo apostando nesse resultado. Resultado, aliás, não do jogo, mas das cagadas da administração Patrícia Amorim.

E, falando em cagadas, que que foi o Rogério Lourenço colocando o Vinícius Pacheco no lugar do Vagner Love? Fez só pra dar uma de bom e não cair nos gritos de “Pet! Pet!” ou teve ordem da diretoria? Porque tudo o que o Flamengo, recuado e jogando nos contra-ataques, precisava era de um meia como Petkovic, que soubesse em um passe montar a jogada pro Adriano fuzilar e construir a vantagem.

Hoje não colocarei notas dos jogadores, pois tenho muito o que fazer. Vou viajar e ainda tem muita coisa pra ser arrumada. Apenas vou colocar aqui uma pequena lista de destaques:

Destaques positivos do Flamengo:

Juan – jogou com muita personalidade, atacando o tempo todo e marcando com muita competência mesmo tendo que cobrir os espaços deixados com a expulsão de Michael.

Willians – voltou aos melhores dias de cão de guarda. Incansável. E ainda meteu uma bola linda que o Imperador desperdiçou.

David – outro dia escrevi aqui que o David não possuía qualidade técnica para ser jogador do Flamengo. Ontem, mostrou que eu posso estar errado. Partidaça. Anulou o buda e mostrou muita vontade.

Rômulo – praticamente esquecido pelos últimos treinadores do Flamengo, ressurgiu da mesma maneira como surgiu em 2007: com muita raça e fazendo o arroz com feijão direitinho. Lembrou a segurança que o Airton passava na conquista do hexa.

Destaques negativos do Flamengo:

Michael – expulsão com 35 minutos de jogo, no meio da água, em oitavas de final de Libertadores? Não deve recuperar o prestígio, que era pouco, junto à torcida.

Rogério Lourenço – optou pela velocidade de Vinícius Pacheco num jogo de campo molhado com o Flamengo todo recuado. E o Pet ali no banco, doido pra meter uma bola mágica pro Imperador.

h1

Eu me pergunto, ” por que” ?

29/04/2010

Sério, por que?

Por que já passou tempo o suficiente pras pessoas esquecerem que Pânico 2 e 3 foram uma merda?

Por que a nova franquia de A Hora do Pesadelo não vai dar dinheiro suficiente pra Wes Craven?

Por que Kevin Willianson precisa fazer um Pânico sempre que engata uma série de sucesso?

Por que Neve Campbell não conseguiu fazer sucesso após o fim da trilogia nem ao quebrar sua regra pessoal de nunca mostrar os peitos num filme?

Por que??

h1

Pai Bitan – Horóscopo 28/04/2010

28/04/2010

Aaaaaaaaaave, beus fio dêgo.

Pai Bitan na área.

Sebada passada, não teve horóscopo. Paciência. Dão trabalho em feriado, ou véspera de feriado e afins. Dão gostou? Enfia do cu.

Essa sebada tamos de volta. Aprenda e siga beus edigba, dão falho dunca.

Até.

Abém.

Horóscopo 28/04/2010 – 05/05/2010

Aquário: afetado pela Lua Cheia, você se transformará num lobisomem. Use roupas elásticas e seja cauteloso. Prefira aves, que possuem menos gordura, mas não coma suas fezes. É nojento até mesmo pra um cachorro de 2m de altura. Péssima época para levar tiros de balas de prata. De dia, péssima época para levar tiros de qualquer tipo de bala. Evite vampiros.

Áries: libertação é o termo certo para o período. Fuja da cadeia. Ao entrar na sua cela, suba na cama e procure no parapeito da janela. Tem uma faca lá. Use essa faca para esculpir na madeira e chamar a atenção do malvado diretor do presídio. Peça pro seu melhor amigo preto que consegue tudo um poster de uma mulher famosa, cave um túnel atrás do poster e fuja. Em menos de 15 anos, liberdade. Se achar que demora demais, apenas use a faca para não ser mais estuprado no chuveiro.

Câncer: acontece em seu signo oposto a mudança lunar. Ou seja, se você é gordo, ficou magro e vice-versa. Aproveite para pegar todas aquelas mulheres que não lhe davam bola quando você era, bem, uma bola. Aí, depois de fazer sexo com elas, pergunte se elas te reconhecem e quando disserem que não apenas chore e coma um pedaço de bolo, gordão! Não se esqueça de tirar sarro de seus amigos magros que ficaram gordos. E de marcar a lipoaspiração pra quando a lua mudar.

Capricórnio: invista direto no campo financeiro e familiar. Isso significa que você deve vender um filho. Venda o mais feio se for menino, ou o mais bonito se for menina. Guarde o dinheiro no fundo de faculdade de seus filhos. Hmmm, talvez isso não faça sentido. Pensando bem, não venda ninguém, apenas tente ganhar algum dinheiro quando sua filha crescer e virar uma vagabunda. Isso, claro, se ela puxou a mãe dela. Vadia.

Escorpião: nunca mais vá ao médico. Pratique você mesmo sua própria medicina. Sim, cerveja cura gonorréia. Sim, picanha anula o vírus da AIDS. Claro que apenas afirmar isso não vai curar você, mas devia ter pensado nisso antes de virar uma bicha depravada. Sim, comer chocolate cura homossexualismo…

Gêmeos: você e seu gêmeo siamês vivem colados por um pedaço de pele. Ele é malvado, você é bonzinho. Combine com ele de você passar a ser o malvado e ele ser o bonzinho, as pessoas vão fundir a cuca! Parece bobo, mas olha, você não pode nem cagar em paz, algumas risadas valem ouro pra você. Ou seria o seu irmão?

Leão: corte essa juba! Corte esse rabo! Raspe esse pêlos e entre no exército, filho. Esqueça esse negócio de ser hippie. Se fosse bom de alguma forma, teria durado mais de dois anos, certo? Venha conosco matar uns amarelos, uns barbudos e uns vermelhos. É o máximo! Paz e amor? A paz, a gente faz. E o amor… bem, esse também, mas talvez demore um pouco até que a bunda peluda de um oficial traumatizado e sem pernas pareça tão atraente quanto a daquela namorada que você tinha quando era cabeludo e tinha uma vida decente.

Libra: eu sou eu, tu é tu, quem é burro? Reflita. Eu sou eu, tu é tu, quem é bicha? Eu! Hahahahaha… ah não, peraí, não é assim que brinca. Ou é? Ah, de que importa, é apenas mais uma maneira deprimente de assumir que eu sou uma bicha burra… eu não, tu!

Peixes: ótimo tempo para refrescar a mente e fazer uma viagem para bem longe. No meio do caminho, cuidado com alienígenas. Eles nunca querem nada de bom, apenas sequestrar vacas e enfiar sondas no cu das pessoas. E isso vale mesmo pro ET. O que ele pensa que vai fazer com aquele dedo brilhoso? Não se iluda, “phone home” é o caralho, ele quer é enfiar aquele troço no teu cu! Embarque na espaçonave e extermine todo. Duas palavras: mate Alf.

Sagitário: clima astral de altos e baixos afeta você. Primeiro, cuide dos altos, assim você terá mais energia para pegar os baixinhos depois. Se tu for enfrentar os baixinhos antes, pode ser que gaste energia demais e acabe levando uma bela surra do altos. Lembre-se: não importa o quão forte um adversário possa ser, tudo o que você precisa para derrotá-lo é a força necessária para puxar um gatilho. Não importa o tamanho. A não ser que seja um lobisomem. E aí importa o tamanho, por que você já viu um lobisomem anão? Cara, acabei de imaginar e é o maior barato!!

Touro: mu, você é o touro, mu… momento de ter mais consciência dos seus limites com as pessoas queridas. Sim, estou falando da vaca. Ou do boi, dependendo que tipo de touro você é. De qualquer forma, você tem chifres, o que significa que alguém ali está fazendo coisa que não devia. Organize um churrasco para ficar bem com todo mundo. Mas com carne humana, lógico, caso o contrário você seria canibal. Muuu…

Virgem: quer ser horóscopo, é? NO SOUP FOR YOU! COME BACK, ONE YEAR!! Ah, brincadeira, semana que vem já tem de novo…

h1

Cavachorro

28/04/2010

Olha que coisinha mais bonitinha.

Conheça Einstein, o cavalo do tamanho de um cachorro.

Isso faz dele, um cavachorro. Ou um cachorralo, como preferir. O importante é que ele é muito pequenininho e dá pra brincar dentro de casa.

Apesar de Einstein possuir uns olhos meio estranhos, meio humanos até eu diria, ele pode ser considerado fofinho, acredito. É o cavalo que tu pode guardar dentro do teu quarto, pra proteger tua caixa de pornografia. Só que ao invés de tu mandar ele morder as pessoas, ele dá coices. Legal, né?

Einstein pesa cerca de três quilos e quer entrar pro Livro dos Recordes. Ele é menor que o cavalo que tem no livro, que pesa uns 5 quilos, mas que, diferente do Einstein, tem características de nanismo.

Eisntein pode entrar como menor cavalo do mundo. Ou como o cachorro mais bem dotado.

h1

A nova face das Tartarugas Ninja…?

28/04/2010

Parem as máquinas!

Olhem para esse Michelangelo!! Agora espere um pouco, respire… e vamos ao que interessa? Seria essa imagem uma pequena mostra do que estaria por vir do suposto novo filme live action das Tartarugas Ninja?

Será que o filme vai se passar no futuro, quando as Tartarugas já passaram de adolescentes para velhos enrugados?

A resposta para essa pergunta é: não.

Apesar de muitas especulações em torno da imagem e do suposto novo filme, não é disso que a máscara acima trata.

O site Latino Review foi quem inciou o burburinho ao receber a imagem. No link postado, a história é desmentida.

Trata-se apenas da criação de um estudante do quarto semestre de um curso de efeitos especiais. Ele fez a cabeça com objetivos acadêmicos e de aprendizado. Nada a ver com um novo filme, ainda bem. Quer dizer, pra um cara fazer sozinho apenas pra aula, ficou foda – principalmente a faixa de pano fulero. Mas já pra ser usada num filme de 100 milhões de dólares…

O autor da obra se intitula Eric Z explicou que a imagem constava na sua página pessoal no Facebook e que não tem idéia de quem enviou aos sites de fofoca róliudianas, iniciando o bafafá.

Tudo terminado e muito bem explicado, mas bem que eu gostaria de ter postado a imagem na época em que todo mundo pensava que era de verdade.

h1

Sávio x Beckham

28/04/2010

Esse vídeo é uma pequena pérola.

Beckham, quando jogava pelo Real Madrid, enfia um carrinho violento em Sávio, então em ação pelo Real Sociedad.

O pacato ex-rubro-negro fica puto da cara e parte pra cima do inglês, mas é contido por Sérgio Ramos.

Aí o Becks estende a mão pro Sávio, que, fervendo de raiva, ignora. O inglês, dá um tapinha nele estilo “porra meu, qualé, vai me deixar aqui no vácuo” e finalmente é atendido.

Bem diferente do Sávio pacato que todos os flamenguistas conheciam. Muito engraçado.

h1

Meu primeiro jogo do Flamengo

28/04/2010

Às vésperas de um grande jogo entre Flamengo e Corinthians me veio a lembrança do primeiro jogo do Mengão que eu assisti na vida, realmente como torcedor.

Foi pelo Campeonato Brasileiro de 1994. Eu tinha 12 anos na época. Havia acabado de me apaixonar por futebol graças à Seleção de Romário, Bebeto e Dunga que conquistou o tetra e minhas atenções – e quero dizer, as atenções da minha vida – estavam agora todas voltadas para o time rubro-negro.

Eu nunca havia acompanhando uma competição antes, então era muito emocionante ver o Flamengo disputar Campeonato Brasileiro. Ainda me lembrava da festa pela conquista do penta, dois anos antes, que fechou a Alameda, apinhada de torcedores comemorando o título. Eu não torcia, não de verdade, e não participei da festa. Mas agora isso iria mudar.

O jogo em questão foi Flamengo 5 x 2 Corinthians, no Maracanã.

Assisti na casa de um amigo, que era flamenguista. Tinha mais uns caras lá, acho que a maioria era flamenguista e tinha um q era corintiano que foi devidamente zuado, levando pogo e tudo.

Na verdade, nem o jogo mesmo a gente viu. Só o compacto da Band. Já bastou.

O Flamengo venceu com três gols de Magno, um de Sávio e um de Marcos Adriano. Naquela época, o Flamengo tinha o que se chamava de “time de garotos” pois era formado por jogadores jovens, a maioria vindo das categorias de base do clube.

Tinha o Sávio, Nélio, Fabinho, Marquinhos, Hugo, Índio… e o veterano Gilmar segurando a peteca ali atrás. Não é preciso dizer que o time não foi longe naquele Brasileirão – muito pelo contrário, ficou em 17o, inaugurando uma era de péssimos resultados rubro-negros no Nacional – e que não era o que podia ser considerado um bom time de futebol.

Eu, obviamente não fazia a menor idéia disso. A melhor época pra ver futebol é quando tu é muleque, bem mesmo a partir dos 12 anos. Tu vive o time, o resultado, não se importa com picuinhas políticas…

Naquele jogo, Sávio arrebentou. Era ali que eu e toda a torcida do Flamengo começavamos a perceber que ele era especial. Marcou dois gols contra o Bragantino, jogou muito contra o Corinthians e a consagração viria contra o então invicto Palmeiras.

Era a coisa mais linda do mundo ver o Flamengo, com aquele uniforme bem vermelho e preto da Umbro, marcar cinco gols. E três deles foram do Magno.

Alguém sabe o que aconteceu com ele? Lembro que ele seguiu no Flamengo até o final do campeonato, formando uma dupla bastante afiada com o Nélio, mais pra reta final, quando o time já não disputava nada e jogava um pouco melhor.

A última lembrança que tenho do Magno é que, após a vitória do Kléber Leite e a contratação do Romário, vários jogadores foram negociados e ele foi um dos que saíram do clube. Foi para o Grêmio. Lembro de assistir no Globo Esporte uma reportagem sobre ele chegando ao Olímpico, sob muita festa, e recebendo da torcida o apelido de “Romagno”.

Não sei quanto tempo ele ficou por lá nem pra onde foi depois, mas um outro muleque que foi junto com ele do Flamengo pro Grêmio, como contrapeso da negociação, dizem que se deu muito bem lá em Porto Alegre. Um tal de Paulo Nunes, que também apareceu na reportagem…

Hoje o futebol não tem a magia inocente daquela época. Nem temos a magia do Sávio infernal – um boi gordo inútil veste hoje a camisa número 10. Mas aquele primeiro jogo foi inesquecível.

Como eu sempre digo, torcer e comemorar título são duas coisas muito diferentes. Esse jogo foi um legítimo momento de torcedor, que não valia nada, mas que sempre vai ser especial pra mim.

Bem que o Mengão podia repetir pelo menos o placar dessa partida no jogo de hoje. Vai que baixa um Magno no boi gordo?

h1

O novo técnico do Flamengo

27/04/2010

Ainda é cedo demais para colocar uma foto de Rogério Lourenço num post sobre o Flamengo.

Primeiro, porque técnico interino não tem que aparecer como se fosse oficial, como se tudo estivesse normal e ele fosse mesmo personagem do jogo de amanhã, contra o Corinthians.

Segundo porque o Flamengo já deve perder a vaga nesta quarta mesmo, o que resultará na demissão de Rogério.

Aliás, será que se o Flamengo perder amanhã – ou se ganhar por 3 a 2 – Rogério também será demitido, como aconteceu com Andrade?

Saindo essa semana, ou na próxima, ou no início do Brasileirão, a certeza é uma só: vai sobrar bomba pro Mengão.

Na lista de prováveis nomes, Carpegiani, Abel Braga e o inacreditável Marcos Paquetá.

Carpegiani foi o treinador que conquistou o Mundial de 81 pelo Flamengo, mas aquele time jogava sozinho. Tanto é que, após a passagem pelo rubro-negro, o ex-jogador só foi conseguir algum êxito como treineiro ao trabalhar com a Seleção do Paraguai em 1998. Depois disso, mais nada digno de nota.

Marcos Paquetá(!!!!) foi treinador das categorias de base por muito tempo e, junto com a função, acumulava o mesmo serviço com a Seleção Brasileira sub-alguma coisa, acho que 20. Como qualquer outro técnico de menor expressão, sumiu sem deixar pistas e continuou sua carreira sem chamar a atenção, a não ser por agora, nessa jogada absurda do grupo político de Patrícia Amorim que a Presidente, por não saber do que estava falando, disse em voz alta, tornando-se piada entre círculos de torcedores rubro-negros espalhados por todo o país.

Alguns falaram até em Abel Braga, sem dúvida o técnico que detém a grife mais alta entre os citados. O porquê, sinceramente, nem dá mais pra lembrar. Só que o próprio Abelão já passou pelo Flamengo e não foi aquele supra sumo todo.

O pior de toda a história é ler, em reportagem do jornal “Extra” o nosso Tromba lamentando a saída, quando alcançou 70% de aproveitamento, e culpando o cenário político da Gávea. Cenário que, ressalte-se, a Presidente eleita faz parte apenas como mero fantoche, sem saber direito o que acontece por ali.

Não se demite técnico no meio de uma competição, principalmente da Libertadores sonho de consumo da Nação.

Ainda existem torcedores, poucos, que acharam a demissão correta, pela forma como o Flamengo vinha jogando, algumas substituições que Andrade teria feito de forma errada. Para esses, não há salvação. Já se acostumaram a pensar no Flamengo como time pequeno.

Um técnico Campeão Brasileiro pode – e deve – ter seu trabalho questionado, mas ao mesmo tempo precisa de respaldo da diretoria para seguir com um trabalho que já provou dentro de campo, com títulos que funciona.

Muricy Ramalho passou toda sua carreira no São Paulo sendo questionado. Teve momentos de baixa, de futebol ruim, em que mesmo a frente de péssimos resultados foi mantido pela diretoria. Saiu do clube como tricampeão Brasileiro, deixando para trás um certo time carioca que costumava ser o maior vencedor da competição.

Mas apenas quatro meses após o hexa, a cagada foi feita.

O Flamengo demitiu Andrade, recebeu um não bastante humilhante de Joel Santana e segue sem treinador. Vai perder a Libertadores e continuará sem treinador. Começará o Brasileirão em baixa, invejando o planejamento daqueles que sobrevivem no torneio sulamericano ainda sem treinador. Até que finalmente contratará alguém, aquém da tarefa, que terá pela frente um grupo desunido, desmantelado e dividido.

O flamenguista foi dormir hexacampeão.Ainda estamos sonhando ou realmente conseguiram estragar tudo assim, tão rapidamente?

Que pesadelo!