h1

Vencer, pra descomplicar

14/04/2010

Pra variar, hoje não vou conseguir assistir ao jogo do Flamengo.

Logo agora, bem quando eu comecei a me empenhar a dar notas aos jogadores, ficou muito difícil de sentar em frente à televisão e acompanhar uma partida.

A RBS TV vai transmitir Grêmio x Avaí no mesmo horário. Nada contra o Avaí, o grande Leão da Ilha e time do ex-rubro negro Sávio, mas seria inteligente transmitir a partida apenas para a região da Grande Florianópolis, já que em qualquer outra parte do estado – principalmente em Blumenau – a torcida do Avaí é quase inexistente e o Flamengo domina a preferência futebolística da população.

Sendo assim, como o Rock Bola Bar vai passar o Flamengo apenas na televisão e deixar os telões pro Corinthians, serei obrigado a torcer pelo rádio.

É o preço que se paga por não assinar SporTV.

Vai ser um jogo duro, porque hoje o Flamengo não está entre os segundos colocados que se classificariam para a segunda fase.

Muitos dizem que um empate bastaria, mas isso não é verdade. Tem que vencer. Entrou pra empatar, perdeu. Isso não existe.

Mais uma vez, Adriano não joga. Como sempre, é jogo decisivo, e o Flamengo entra sem o melhor jogador. Mas uma boa notícia sobre o craque pipocou nos noticiários na tarde de ontem. Ele terminou o noivado com aquela tal de Joana, aquela mesmo que quebrou seu carro e levou pito do Bruno.

Adriano parece ser especialmente aquele tipo de cara que se envolve com mulher encrenqueira e leva o stress da relação pra vida pessoal e profissional. O Adriano pesado e abatido do começo do ano deve dar lugar a um Imperador leve e felizão da vida. No treino de ontem, ele era só sorrisos.

Vai sobrar pro Botafogo.

Mas o time da Estrela Solitária é coisa pra se pensar apenas na sexta-feira. quinta ainda tem a ressaca pós-Libertadores.

Vai ser difícil ganhar fora? Talvez, mas não era pra ser. Time campeão brasileiro, favorito ao título, não pode dar moleza. Tem que ter frieza, tem que atropelar. Igual ao – odeio usar como referência, mas fazer o que? – São Paulo, na época em que venceu sua última Libertadores e o tri do Brasileirão.

Promessa de grandes emoções…

Algo me diz que o abridor de garrafas do Adriano vai arrebentar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: