h1

O novo técnico do Flamengo

27/04/2010

Ainda é cedo demais para colocar uma foto de Rogério Lourenço num post sobre o Flamengo.

Primeiro, porque técnico interino não tem que aparecer como se fosse oficial, como se tudo estivesse normal e ele fosse mesmo personagem do jogo de amanhã, contra o Corinthians.

Segundo porque o Flamengo já deve perder a vaga nesta quarta mesmo, o que resultará na demissão de Rogério.

Aliás, será que se o Flamengo perder amanhã – ou se ganhar por 3 a 2 – Rogério também será demitido, como aconteceu com Andrade?

Saindo essa semana, ou na próxima, ou no início do Brasileirão, a certeza é uma só: vai sobrar bomba pro Mengão.

Na lista de prováveis nomes, Carpegiani, Abel Braga e o inacreditável Marcos Paquetá.

Carpegiani foi o treinador que conquistou o Mundial de 81 pelo Flamengo, mas aquele time jogava sozinho. Tanto é que, após a passagem pelo rubro-negro, o ex-jogador só foi conseguir algum êxito como treineiro ao trabalhar com a Seleção do Paraguai em 1998. Depois disso, mais nada digno de nota.

Marcos Paquetá(!!!!) foi treinador das categorias de base por muito tempo e, junto com a função, acumulava o mesmo serviço com a Seleção Brasileira sub-alguma coisa, acho que 20. Como qualquer outro técnico de menor expressão, sumiu sem deixar pistas e continuou sua carreira sem chamar a atenção, a não ser por agora, nessa jogada absurda do grupo político de Patrícia Amorim que a Presidente, por não saber do que estava falando, disse em voz alta, tornando-se piada entre círculos de torcedores rubro-negros espalhados por todo o país.

Alguns falaram até em Abel Braga, sem dúvida o técnico que detém a grife mais alta entre os citados. O porquê, sinceramente, nem dá mais pra lembrar. Só que o próprio Abelão já passou pelo Flamengo e não foi aquele supra sumo todo.

O pior de toda a história é ler, em reportagem do jornal “Extra” o nosso Tromba lamentando a saída, quando alcançou 70% de aproveitamento, e culpando o cenário político da Gávea. Cenário que, ressalte-se, a Presidente eleita faz parte apenas como mero fantoche, sem saber direito o que acontece por ali.

Não se demite técnico no meio de uma competição, principalmente da Libertadores sonho de consumo da Nação.

Ainda existem torcedores, poucos, que acharam a demissão correta, pela forma como o Flamengo vinha jogando, algumas substituições que Andrade teria feito de forma errada. Para esses, não há salvação. Já se acostumaram a pensar no Flamengo como time pequeno.

Um técnico Campeão Brasileiro pode – e deve – ter seu trabalho questionado, mas ao mesmo tempo precisa de respaldo da diretoria para seguir com um trabalho que já provou dentro de campo, com títulos que funciona.

Muricy Ramalho passou toda sua carreira no São Paulo sendo questionado. Teve momentos de baixa, de futebol ruim, em que mesmo a frente de péssimos resultados foi mantido pela diretoria. Saiu do clube como tricampeão Brasileiro, deixando para trás um certo time carioca que costumava ser o maior vencedor da competição.

Mas apenas quatro meses após o hexa, a cagada foi feita.

O Flamengo demitiu Andrade, recebeu um não bastante humilhante de Joel Santana e segue sem treinador. Vai perder a Libertadores e continuará sem treinador. Começará o Brasileirão em baixa, invejando o planejamento daqueles que sobrevivem no torneio sulamericano ainda sem treinador. Até que finalmente contratará alguém, aquém da tarefa, que terá pela frente um grupo desunido, desmantelado e dividido.

O flamenguista foi dormir hexacampeão.Ainda estamos sonhando ou realmente conseguiram estragar tudo assim, tão rapidamente?

Que pesadelo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: