h1

Nigéria 1 x 2 Grécia

17/06/2010

Os times africanos continuam dando vexame na Copa do Mundo.

Não adianta querer encontrar valores nos jogadores vindo do continente sede do Mundial. Sim, talvez sejam velozes, sem dúvidas são fortes e, quem sabe, se a gente olhar com os olhos bem apertados talvez seja possível enxergar “alegria” no seu estilo dentro de campo, mas a verdade é que africano não sabe jogar futebol.

Todas as Seleções africanas mostraram um jogo displiscente, sem muita aplicação tática e com o lado técnico muito, muito fraco.

Perder pra Grécia, que nunca havia marcado gols em Mundial? Resultado surpreendente, talvez, mas longe de ser inesperado.

Porque lances como o do segundo gol grego, em que o goleiro nigeriano soltou uma bola fácil nos pés do adversário, são comuns na realidade do futebol africano.

Não assisti a partida inteira, porque ficou bem entre o almoço e a hora do rush do meio-dia. Mas acho que o resultado é mais do que suficiente resumir bem o que foi o jogo.

Podem treinar, emplacar jogadores em equipes inglesas, contratar o Parreira… não adianta. Em 1990, Pelé afirmou que “até o ano 2000 uma equipe africana seria campeão do mundo” e isso bastou.

Uruca do Pelé é foda. Até a derrota da Espanha tão botando na conta do negão. E olha que, pelo histórico, faz sentido, como podemos ver na maior pérola copística já proferida pelo Rei, hoje meio esquecida, mas eternamente impagável, que finaliza este post:

“Butt” —– resposta de Pelé para a pergunta “quem será o craque da Copa de 1998?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: