h1

Brasil 0 x 0 Portugal

25/06/2010

Ô joguinho ruim!

Quem quiser cornetar o time do Dunga, fique à vontade, porque o jogo foi uma bosta. Merece mesmo!

Menos mal, lógico, que era uma partida que não valia nada, que o Brasil não precisava vencer e que o empate fechou com as ambições da comissão técnica e da torcida brasileira.

Mas foi muito ruim.

Dunga mandou malzão. Primeiro, quando optou por escalar o time titular, apenas substituindo aqueles jogadores suspensos ou pisados, poupando apenas o Robinho. Dessa forma, tivemos Júlio Baptista no lugar do Kaká e Daniel Alves no lugar do Elano. E Nilmar, dando descanso ao Rei das Pedaladas.

Deveria ter enchido o time de reserva. O jogo não valia nada, os suplentes pelo menos se esforçariam ao máximo para provar ao professor que têm condições de atuar na equipe titular.

O primeiro tempo até que foi bom, mas o Brasil sempre se complica com adversário que enfia nove atrás e deixa um só plantado na frente. Dominou o campo, mas não conseguia produzir nada de decente.

E falando em produção, que bela merda a atuação do Júlio Baptista! Eu, que apostava numa bela atuação d’A Besta, quebrei a cara. Mal tocou na bola e, quando o fez, foi apenas ridículo. Até parece que queria fazer por merecer todas as críticas que recebeu por ter sido convocado.

Besta, dá pra dizer, só quem esperava que alguma coisa saísse dos pés dele. Como eu, infelizmente. Se essa é a bolinha que anda jogando na Roma, não deveria ter sido convocado mesmo…

O segundo tempo foi pior ainda. Cristiano Ronaldo, que pela terceira vez nessa Copa foi eleito o melhor em campo, incomodou pra burro. Portugal adiantou o meio-de-campo e sufocou o Brasil. Mesmo com a Lusa mais avançada, o time do Dunga não conseguiu aplicar sua jogada preferida: o contra-golpe. E aí, não acontecia nada.

Júlio César ainda fez duas defesas importantes, primeiro num chute do Raul Meireles, em que ele se atirou e, com o braço, mandou a bola para escanteio e já ao final da partida, quando fez um 69 com Danny dentro da área, após uma bobeada escatológica do Juan. Tá maaaaal, a defesa…

Lúcio deu muito mole. Tão enchendo o saco demais aquelas arrancadas de Touro Indomável dele. Avança, erra o passe e aí é um Deus nos acuda. Sorte que o Juan não foi expulso – merecia – após ter enfiado o mãozão na bola.

A única graça do jogo foi ver o lado marginal de Felipe Melo em ação. Levou os encontrões entre volantes pro lado pessoal e partiu pra porrada. Muito engraçado! Fazia tempo que o Basil não tinha um botinudo assim pra juntar a gringalhada. Pena que o Dunga tirou…

Agora é que começa a Copa de verdade. Segunda-feira, pra ser mais exato. Aí sim vai dar frio na barriga quando o adversário atacar com perigo.

Muita gente prefere que o Brasil encare a Suíça ao invés do Chile, mas isso seria um pesadelo. A Suíça é o time do ferrolho mais aplicado do planeta, exatamente a deficiência maior do Selecionado Brasileiro. Tem que mandar a chilenada mesmo, muito mais fácil jogar contra quem pode se emocionar e partir pra cima, arregaçando o setor defensivo.

E com Robinho, Kaká e Elano, pelamordedeus…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: