h1

Internacional é campeão da Libertadores

18/08/2010

Os colorados tentam fazer de conta que é cedo para comemorar. Mas não é: o Internacional já é campeão sulamericano.

Hoje, embora seja jogo já decidido, será emocionante assistir ao Colorado disputar a finalíssima da Libertadores contra o Chivas, diante de sua torcida. Daí vai ser campeão, toca o hino, a Globo coloca uma animação meio furreca na tela… é difícil de se admitir, mas é muito legal quando um clube brasileiro – mesmo que não seja o teu – vence a Copa Santander dos gringo.

E vamos ser sinceros, não dá pra ter raiva do Inter. Não é como Vasco, Corinthians, Grêmio ou outras equipes que o pessoal tem mais a manha de torcer contra – incluo meu Flamengo nessa daí também, sejamos justos, é o time mais invejado do Brasil.

Com o Internacional é diferente.

Talvez por terem ficado desde 1979 até 2006 sem representar ameaça aos times que disputaram os principais títulos nesse período, talvez por serem mais oranizados que o resto, talvez por viverem em seu próprio mundinho onde tudo é vermelho… simplesmente não tem como odiar o Internacional(excluo dessa afirmação, evidentemente, a torcida do Grêmio).

A única oportunidade em que torcemos contra o Internacional é quando este enfrenta nossas agremiações do coração. E aí, na verdade, não torcemos contra o Inter, mas a favor de nossos times. Entre as duas atividades existe gritante diferença.

Faz poucos dias cumprimentei um amigo pelo título, expressando minha felicidade pela conquista. Ele pareceu sinceramente comovido. O fato é que de minha parte houve mesmo franqueza. Fico quase feliz pelo título do colorado.

É muito ruim torcer contra. Quando acaba a partida e a torcida deu resultado, beleza, tu ri, zoa, faz o diabo. Mas o jogo torna-se um desprazer, é ruim, pesado. Tu acaba sofrendo por conta de uma partida que não tem nada a ver com o que tu mais gosta do futebol… é horrível.

Como é o Internacional, todo simpático e inofensivo aos nervos, a partida torna-se um deleite. Dá pra curtir a conquista de um título que se, não te faz bater o coração forte nem soma um título à galeria do seu clube do coração, pelo menos não te faz sentir raiva.

E como eu particularmente odeio argentino, é muuuito bom ver a bambinada sentando na piroca e um brasileiro vencendo mais uma vez o torneio. Pena que o Flamengo tem o Rogério Lourencó, senão ano que vem era nosso com certeza.

Parabéns ao colorado pela conquista.

Mas falando sério, vai parar por aí, porque não ganha da Inter de Milão nem fudendo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: